06:11 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    71116
    Nos siga no

    Senador republicado Rick Scott disse que seu país possui evidências de que a China está tentando sabotar a produção de um vacina pelos EUA, mas Pequim contesta.

    Em entrevista ao canal de TV BBC, o senador Rick Scott declarou:

    "Precisamos finalizar essa vacina. Infelizmente temos evidências de que a China comunista está tentando nos sabotar ou atrasar".

    Ainda de acordo com o político, a suposta sabotagem chinesa teria como contexto o conflito entre os EUA e a China.

    "A China não quer que façamos [a vacina] primeiro. Eles decidiram ser um adversário para os americanos e, eu penso, para a democracia em todo o mundo", acrescentou.

    Apesar das acusações, Rick Scott não detalhou que evidências ele teria para provar tal sabotagem.

    O senador também disse que, caso seu país desenvolva a vacina primeiro, os EUA "irão compartilhá-la" com o mundo, o que a China não faria, segundo ele.

    Esforços da China

    Por sua vez, segundo o ministro da Ciência e Tecnologia chinês, Wang Zhigang, o seu país pretende fortalecer a cooperação internacional no desenvolvimento de uma vacina contra a COVID-19.

    Ainda de acordo com o ministro, a China produzirá uma vacina contra o coronavírus que ficará disponível para todo o mundo, assim que passar todos os testes clínicos.

    Atualmente, pesquisadores chineses estão testando cinco vacinas diferentes em seres humanos, publicou a agência Reuters.

    Tal cifra equivaleria a metade das vacinas sendo testadas em todo o mundo.

    No mês passado, o presidente chinês, Xi Jinping, afirmou que as vacinas de seu país seriam "um bem público global" assim que estiverem prontas, e que Pequim contribuirá para garantir o acesso ao medicamento, nomeadamente por parte dos países em desenvolvimento.

    Mais:

    China tomará 'todas as medidas necessárias' para defender suas empresas sancionadas pelos EUA
    Pompeo acusa China de tirar proveito dos protestos nos EUA
    Guerra comercial com EUA faz China impor novas barreiras a produtos brasileiros, diz economista
    Tags:
    EUA, China, pandemia, novo coronavírus, COVID-19, vacina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar