22:39 07 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    302
    Nos siga no

    O presidente dos EUA, Donald Trump, disse em uma entrevista que não será necessário o uso das Forças Armadas para restaurar a ordem nas cidades no país, em meio aos protestos após o assassinato de George Floyd.

    "Bem, depende, acho que não precisaremos", disse Trump após ser questionado se as Forças Armadas dos EUA serão enviadas para cidades afetadas por distúrbios em meio aos protestos.

    Mais cedo nesta quarta-feira (3), o secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, disse durante uma coletiva de imprensa que não apoia a decisão de Trump de invocar a Lei de Insurreição, o que lhe permitiria ordenar o uso das Forças Armadas para reprimir protestos nos EUA.

    Manifestante carrega a bandeira dos EUA virada ao contrário, durante protestos em Minneapolis, 28 de maio de 2020
    © AP Photo / Julio Cortez
    Manifestante carrega a bandeira dos EUA virada ao contrário, durante protestos em Minneapolis, 28 de maio de 2020

    Esper disse que as tropas ativas devem ser usadas nas operações policiais apenas como último recurso e os EUA não estão nessa situação no momento.

    Os protestos que tomaram as ruas das cidades dos EUA começaram após o assassinato de George Floyd, um homem negro que morreu por asfixia sob custódia policial na cidade de Minneapolis, no dia 25 de maio. As manifestações avançaram para o país inteiro e cenas de violência, saques e vandalismo começaram a ser registradas.

    Mais:

    Trump diz que enviará militares aos estados que não usarem a Guarda Nacional
    Trump usa OMS, China e protestos para distrair EUA do seu fracasso contra COVID-19, dizem analistas
    Trump sobre onda de manifestações nos EUA: 'Estes são atos de terror doméstico'
    Tags:
    Estados Unidos, Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar