16:26 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 31
    Nos siga no

    O Partido Nacional Democrata (PND) do Suriname está pedindo uma recontagem de votos nas eleições gerais da última segunda-feira (25) após resultados preliminares indicarem uma vitória da oposição.

    Uma derrota do PND significaria também o fim do governo do presidente Desiré Bouterse, militar que está no poder desde 2010 e que liderou o país de 1980 a 1987, após um golpe, sendo acusado por uma série de crimes e violações dos direitos humanos.

    Dados preliminares do pleito, segundo a AFP, indicavam vitória do oposicionista Partido da Reforma Progressiva, mas a contagem foi questionada após governistas e opositores relatarem irregularidades no processo.

    "Haverá um protesto. Nós vamos pedir recontagem e solicitar que todas as pessoas possam ver quem ganhou e quem perdeu e onde", disse Dési Bouterse em seus primeiros comentários públicos após a eleição, citado pela Agence France-Press, defendendo uma recontagem transmitida pela TV.

    Já o porta-voz do PND, também citado pela agência, explicou que o partido deverá pedir a recontagem em dois ou três dos 10 distritos eleitorais do país.

    Mais:

    Brasil diz que espera auditoria 'rigorosa' em eleição boliviana, diz ministério
    Bolsonaro parabeniza Lacalle Pou por eleição no Uruguai e o convida a visitar o Brasil
    Após Bolsonaro afirmar sem provas que eleição foi fraudada, TSE defende urnas eletrônicas
    Tags:
    militar, eleições, política, AFP, presidente, votos, recontagem, América do Sul, pleito, eleição, Suriname
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar