10:50 26 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Mundo enfrentando pandemia no fim de maio (69)
    0 02
    Nos siga no

    Os EUA adiaram a cúpula do G7 em Washington até o final do mês de junho em função do novo coronavírus, declarou consultor de segurança nacional dos Estados Unidos, Robert O'Brien.

    Segundo o consultor de segurança nacional dos Estados Unidos, Robert O'Brien, a reunião será realizada em formato presencial.

    "A cúpula do G7, se for realizada em formato presencial, e acreditamos que será realizada dessa forma, ocorrerá no final de junho", afirmou o político em entrevista à emissora CBS.

    O consultor do líder norte-americano lembrou que a reunião estava agendada para 10 de junho.

    "Estamos perto do pico [da doença], ou talvez já estejamos lá", disse o alto funcionário, referindo-se à situação da COVID-19 em Washington.

    O'Brien garantiu que todos os países-membros do G7 estão interessados ​​em uma reunião presencial em vez de em uma reunião virtual.

    Mais de 5,3 milhões de casos de infecção pelo novo coronavírus foram confirmados em todo o mundo, desde o início da pandemia, com 341.500 mortes e cerca de 2,11 milhões de recuperações, segundo a Universidade Johns Hopkins.

    Tema:
    Mundo enfrentando pandemia no fim de maio (69)

    Mais:

    'Não decidem nada': volta da Rússia ao G7 visa alienar a China, diz Lavrov
    Após recusar ajuda do G7, Brasil recebe especialistas israelenses em combate a incêndios
    Tags:
    política internacional, G7, EUA, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar