23:48 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    7453
    Nos siga no

    Força Armada Nacional Bolivariana anunciou a detenção de mais oito pessoas suspeitas de participar de tentativa de invasão armada a partir do território da Colômbia no último dia 3.

    A apreensão dos suspeitos foi executada por militares venezuelanos com a ajuda de populares na zona de Petaquirito, no estado de La Guaira, ontem (10).

    Conforme informou o canal de TV Venezolana de Televisión, as oito pessoas, sendo uma delas mulher, são suspeitas de terem participado de frustrada tentativa de invasão armada em 3 de maio por via marítima desde o território da Colômbia até a Venezuela.

    Alerta! Povo da Venezuela, a Pátria cresce! Sua Força Armada Nacional Bolivariana segue garantindo a Segurança da Nação. Capturamos hoje [10] nesta hora 8 terroristas mercenários. Felicitações à Região Estratégica de Defesa Integral da Capital e Central. Seguimos esquadrinhando e capturando os inimigos da Pátria!

    Durante a tentativa de invasão, militares venezuelanos interceptaram lanchas e apreenderam dez pessoas com armas.

    Sobrinho de general 'inimigo' de Maduro

    Entre os detidos de ontem, considerados mercenários pelo governo venezuelano, figura José Ángel Barreno Cordones, sobrinho do major-general desertor venezuelano Clíver Alcalá Cordones.

    Recentemente, o ex-oficial Alcalá Cordones foi deportado para os EUA, a partir da Colômbia, após ser acusado de narcotráfico.

    Sua deportação se deu após sua rendição na Colômbia às autoridades americanas, reportou ainda em março o jornal colombiano El Tiempo.

    Ainda de acordo com a mídia, o general é "inimigo" de Maduro e planejava contrabandear armas para a Venezuela para promover um golpe contra o presidente venezuelano.

    Mais:

    Venezuela acusa 2 norte-americanos de terrorismo por participação em incursão frustrada no país
    Trump nomeia embaixador na Venezuela após negar envolvimento dos EUA em incursão fracassada
    Pentágono encobrindo 'servicinhos' na Venezuela
    Tags:
    armas, Colômbia, suspeitos, presos, mercenários, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar