06:06 18 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Pandemia da COVID-19 e o mundo no início de maio (100)
    8242
    Nos siga no

    Nesta sexta-feira (8), durante entrevista, o presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou acreditar ter se tratado de incompetência, e não intenção maliciosa, a propagação do coronavírus da China.

    "[China] fez uma coisa terrível. Eu não acredito que foi feito de propósito, mas foi provavelmente feito por incompetência e provavelmente vazado, e eles não souberam como falar sobre isso", disse Trump em entrevista ao canal Fox News.

    Trump ainda acrescentou que os Estados Unidos ofereceram apoio à China desde o começo da pandemia, mas o suporte foi rejeitado.

    As declarações do presidente dos EUA surgem após o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, ter admitido que Washington não tem certeza sobre a origem do coronavírus, apesar de ter afirmado na semana passada que uma "enorme evidência" comprovou que o vírus foi feito em um laboratório chinês.

    Pequim tem repetidamente rejeitado a teoria das autoridades norte-americanas sobre a origem da COVID-19. A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Hua Chunying, disse que os EUA deveriam "tratar de seus assuntos internos corretamente primeiro", em vez de tentar pôr a culpa na China.

    Anteriormente Donald Trump suspendeu o financiamento dos EUA à OMS acusando-a de ser "centrada na China e promovendo a desinformação" chinesa sobre o surto. Os funcionários da OMS negaram isso e a China insiste que foi transparente e aberta.

    Tema:
    Pandemia da COVID-19 e o mundo no início de maio (100)

    Mais:

    Inteligência francesa contradiz acusações de Trump sobre origem do novo coronavírus
    Trump promete que EUA revelarão origem do coronavírus em breve
    'Alguém foi estúpido': Trump segue defendendo que coronavírus vazou de laboratório de Wuhan
    Tags:
    COVID-19, OMS, Mike Pompeo, China, novo coronavírus, Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar