06:03 01 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Pandemia da COVID-19 e o mundo no início de maio (100)
    555
    Nos siga no

    O presidente e o secretário de Estado dos EUA continuam defendendo a ideia de que o novo coronavírus saiu de um laboratório na China, mas até agora não apresentaram evidências disso.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, mantém sua alegação anterior de que o novo coronavírus se disseminou após uma possível falha no Instituto de Virologia de Wuhan, na China, noticiou o portal Public Pool.

    "Algo aconteceu", afirmou Trump aos repórteres na quinta-feira (7) depois de ser questionado sobre sua teoria quanto à origem da COVID-19, se referindo ao laboratório na província chinesa de Hubei.

    "Provavelmente foi incompetência. Alguém foi estúpido", acrescentou ele em meio a uma sessão fotográfica na Casa Branca com o governador do Texas, Greg Abbott.

    Embora as supostas evidências quanto ao laboratório de Wuhan ainda não tenham sido divulgadas ao público, isso não impediu que Trump e o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, aumentassem a retórica anti-Pequim.

    "A China poderia ter poupado o mundo de sofrer um mal-estar econômico global. Eles tinham uma escolha, mas, em vez disso a China encobriu o surto em Wuhan", disse Pompeo aos repórteres na quarta-feira (6).

    Além disso, Trump lançou a ideia de impor novas tarifas contra a China como resposta à sua alegada má gestão do surto do novo coronavírus.

    Pequim tem repetidamente rejeitado a teoria das autoridades norte-americanas sobre a origem da COVID-19. A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Hua Chunying, disse que os EUA deveriam "tratar de seus assuntos internos corretamente primeiro", em vez de tentar pôr a culpa na China.

    Além disso, quer a Organização Mundial da Saúde, quer a aliança multinacional de inteligência anglófona Cinco Olhos e a Comunidade de Inteligência dos EUA emitiram declarações em apoio à avaliação dominante de que o novo coronavírus não foi um produto de laboratório ou feito pelo homem.

    Tema:
    Pandemia da COVID-19 e o mundo no início de maio (100)

    Mais:

    COVID-19: aliado dos EUA, Reino Unido nega ter evidência que ligue China à pandemia
    China 'não é único lugar a ser culpado' se laboratório de Wuhan liberou coronavírus, diz cientista
    COVID-19: político alemão pede que OMS desmascare 'teórico da conspiração' Pompeo com investigação
    Inteligência francesa contradiz acusações de Trump sobre origem do novo coronavírus
    Tags:
    COVID-19, Hua Chunying, Donald Trump, Wuhan, China, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar