10:16 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    11610
    Nos siga no

    Mike Pompeo, secretário de Estado norte-americano, disse ser inaceitável "permitir que a Organização Mundial da Saúde volte a falhar".

    Pompeo respondeu nesta quarta-feira (6), durante uma entrevista ao canal Fox News, a uma pergunta sobre a possível criação de uma alternativa à OMS por parte da Casa Branca.

    A Administração de Donald Trump está atualmente "tratando de avaliar qual é o melhor caminho a seguir", disse Pompeo, ao criticar a gestão da pandemia por parte da organização e tachar de "inaceitável" seu futuro financiamento caso "não haja resultados".

    "A missão que o presidente nos deu é muito clara. Permitir que a Organização Mundial da Saúde volte a falhar é inaceitável. Colocar centenas de milhões de dólares à disposição da OMS, se não houver resultados, é inaceitável", anunciou o secretário de Estado.

    Pompeo enfatizou que seu país já tem a experiência de realizar operações nacionais de saúde, e salientou o exemplo do Plano de Emergência do Presidente para o Alívio da AIDS (PEPFAR, na sigla em inglês). Trata-se de uma iniciativa governamental lançada em 2003 por George W. Bush para abordar a epidemia mundial da AIDS e ajudar a salvar pessoas infectadas. Este é o maior programa de saúde global focado em uma só doença.

    Pompeo afirmou ainda que os EUA encontrarão a maneira de continuar sendo "o líder em política mundial de saúde".

    "A OMS simplesmente não conseguiu determinar qual era sua missão e, como disse o presidente sobre as organizações que são de natureza multilateral, se funcionam, muito bem; se não o fazem, simplesmente não seremos parte delas", concluiu o secretário de Estado.

    Em 14 de abril, Trump anunciou que os EUA suspenderam o financiamento da OMS e acusou a organização de realizar uma "má e grave gestão", além de "encobrir a propagação do vírus".

    Mais:

    OMS pede testes para COVID-19 nos casos de pneumonia atípica de 2019
    Administração Trump elabora acordo para mineração da Lua sem China e Rússia, diz mídia
    Pompeo: há 'evidências significativas' de que coronavírus veio de laboratório em Wuhan
    Tags:
    Donald Trump, EUA, Mike Pompeo, OMS
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar