04:34 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 12
    Nos siga no

    A Suprema Corte dos EUA retomou suas atividades nesta segunda-feira (4) após uma paralisação causada pelo coronavírus. Foi a primeira vez que os ministros da corte participaram de casa e a sessão foi transmitida pela televisão e rádio.

    A mudança é uma exigência de anos dos círculos jurídicos por mais transparência da instância mais poderosa do Judiciário dos Estados Unidos. Sessões de tribunais estaduais e locais já eram transmitidas, informa a agência de notícias AFP. 

    Os nove juízes não comentaram a alteração, com exceção do juiz liberal Stephen Breyer, que afirmou "bom dia, de qualquer maneira".

    A primeira transmissão ao vivo ocorreu praticamente sem problemas, embora com estranhos momentos de silêncio e alguns estalos de fundo. Não houve transmissão de imagens, apenas da voz dos juizes. 

    Em tempos normais, a corte se reúne em seu imponente edifício neoclássico, do outro lado da First Street, em frente ao Capitólio dos EUA.

    Duzentos assentos em sua sala de audição em mármore são reservados para os membros do público, que costumam se alinhar por horas fora da fachada de colunas brancas pelo privilégio de ouvir os juízes ponderarem questões que vão do banal à mudança da história.

    Mais:

    Partido alemão se opõe à presença 'nuclear' de armas dos EUA na Alemanha
    China ocultou severidade do vírus para estocar suprimentos médicos, afirma relatório dos EUA
    Teste final de míssil de longo alcance dos EUA mostra 'desempenho sem falhas'
    Irã promete resposta 'apropriada' contra esforços dos EUA por embargo de armas na ONU
    EUA estariam 'proclamando independência' das cadeias de abastecimento da China?
    Tags:
    justiça, pandemia, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar