00:16 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Pandemia da COVID-19 e o mundo no início de maio (100)
    0 21
    Nos siga no

    Para lidar com os efeitos da pandemia, o Canadá investirá US$ 170 milhões, cerca de R$ 930 milhões, no desenvolvimento de ferramentas virtuais de assistência e saúde mental.

    Os fundos serão usados ​​principalmente para criar novas plataformas e aplicativos digitais para dar aos canadenses "estratégias para gerenciar o estresse ou suporte de um profissional", afirmou o primeiro-ministro Justin Trudeau.

    O objetivo também será fortalecer o atendimento virtual on-line para ajudar a impedir a propagação do vírus, que infectou quase 60 mil pessoas e resultou em mais de 3.750 mortes no Canadá, informa a agência de notícias AFP. Com a ajuda de consultas pela internet, os hospitais podem "focar" nos que mais precisam de atedimento, disse o premiê. 

    "Se podemos usar aplicativos para pedir um jantar e videochats para manter contato com a família, podemos usar novas tecnologias para nos manter saudáveis", disse ele.

    Várias províncias canadenses, incluindo as duas mais afetadas pela pandemia, Ontário e Quebec, anunciaram um retorno progressivo ao trabalho e a reabertura de escolas nas próximas semanas. As autoridades de saúde dizem estar razoavelmente otimistas em controlar o avanço do coronavírus.

    Tema:
    Pandemia da COVID-19 e o mundo no início de maio (100)

    Mais:

    Canadá: polícia confirma morte de 16 pessoas por atirador em ação que durou 12 horas
    Número de mortos em ataque no Canadá sobe para 23
    Canadá emite alerta sobre uso de cloroquina como tratamento para coronavírus
    Canadá projeta queda recorde de 12% na economia em função da pandemia de COVID-19
    Tags:
    novo coronavírus, pandemia, Canadá
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar