04:05 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Situação em torno da pandemia de COVID-19 no fim de abril (140)
    25321
    Nos siga no

    O desemprego nos Estados Unidos pode atingir níveis nunca vistos desde a Grande Depressão, afirmou, neste domingo (26), Kevin Hassett, consultor econômico do presidente norte-americano Donald Trump.

    "Vamos ver uma taxa de desemprego que se aproxima das taxas que acho que vimos durante a Grande Depressão", disse Hassett em entrevista à emissora ABC.

    A taxa de desemprego nos EUA durante a Grande Depressão atingiu o pico em 1933, quando chegou a 25%. Entre 1931 e 1940, o desemprego permaneceu acima de 14% nos EUA. Desde então, o desemprego ultrapassou o limite de 10% em duas ocasiões no país - em 1982 e 2009.

    Enquanto isso, 26 milhões de norte-americanos entraram com pedidos de auxílio-desemprego em fevereiro e março deste ano. O Escritório de Orçamento do Congresso dos EUA prevê que o desemprego aumentará em 3,8% no primeiro trimestre de 2020, chegará a 14% no segundo trimestre, 16% no terceiro trimestre e cairá para 10,1% até o final de 2021.

    Segundo os dados da Universidade Johns Hopkins, os EUA têm hoje 954.182 casos confirmados do novo coronavírus e 54.573 mortes causadas pela doença.

    Tema:
    Situação em torno da pandemia de COVID-19 no fim de abril (140)

    Mais:

    Comércio na quarentena: veja quais negócios agonizam e quais prosperam na crise
    OMC alerta para queda de 32% no comércio global por crise do coronavírus
    'Mentalidade hegemônica': China pede a Trump para não estar do 'lado errado' na luta contra COVID-19
    Cientista explica como COVID-19 mata suas vítimas
    'Coalizão' anti-China: quem apoia os Estados Unidos nas acusações contra Pequim?
    Tags:
    COVID-19, EUA, Estados Unidos, Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar