00:10 14 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Situação em torno da pandemia de COVID-19 no fim de abril (140)
    330
    Nos siga no

    Os oito felinos se encontram em condições satisfatórias mantendo um comportamento normal, comem bem e sua tosse diminuiu consideravelmente.

    Quatro tigres e três leões de um zoológico de Nova York foram diagnosticados com o novo coronavírus. Anteriormente, em 5 de abril, Nadia, um tigre-malaio fêmea de 4 anos de idade, testou positivo para o coronavírus no Jardim Zoológico de Bronx, informou a Sociedade de Conservação de Vida Selvagem (WCS, na sigla em inglês) em comunicado nesta quarta-feira (22).

    Após o caso de Nadia, foi decidido fazer testes de detecção do vírus "por precaução" nesses animais, sendo que todos os felinos, à exceção de um, tinham apresentado tosse seca semelhante à da tigresa diagnosticada anteriormente.

    O diagnóstico foi obtido através da análise de amostras fecais que foram estudadas em laboratórios veterinários sem uso dos recursos para testes em humanos, salienta a entidade.

    Os animais foram infectados por um colaborador do Jardim Zoológico que não apresentava sintomas da COVID-19. Na sequência deste incidente, o zoo de Bronx tomou medidas preventivas entre todo o pessoal para evitar que mais animais sejam expostos ao vírus.

    Tema:
    Situação em torno da pandemia de COVID-19 no fim de abril (140)

    Mais:

    Zoológico de Berlim rejeita sacrifício de animais por falta de verbas em meio à pandemia
    Tigres e leões testam positivo para COVID-19 em jardim zoológico dos EUA
    Tags:
    COVID-19, novo coronavírus, Nova York, jardim zoológico, felinos, tigre, leão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar