20:59 04 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Países combatendo COVID-19 no meio de abril de 2020 (105)
    6210
    Nos siga no

    Secretário de Estado norte-americano detalha como Estados Unidos apoiam a Venezuela no combate à COVID-19, mas que ajuda "não cairá nas mãos de Maduro".

    Enquanto a pandemia se espalha e faz vítimas pelo continente americano, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, detalhou em coletiva de imprensa concedida ao portal Infobae e outras mídias como Washington oferece suporte a diferentes países do mundo.

    Em primeiro lugar, Pompeo disse que os EUA enviaram uma carga de 90 toneladas de ajuda humanitária, através da ONU, na semana passada para a Venezuela.

    Ao total, a assistência destinada ao país sul-americano estaria avaliada em US$ 9 milhões (cerca de R$ 45 milhões).

    Contudo, tal remessa de material foi feita sob certas condições que impedissem o controle do governo venezuelano sobre ela.

    "O dinheiro irá às agências [ONU e Cruz Vermelha] que o usarão e não o roubarão, como faria Maduro e seus lacaios", disse.

    'Volta à democracia'

    A autoridade americana negou que seu país tenha proibido o envio de assistência à Venezuela, mas que a melhor ajuda seria no campo político.

    "A assistência sempre esteve e estará disponível ao povo venezuelano. Mas a maior ajuda seria retomar as condições para recuperação da democracia", declarou Pompeo.

    Os EUA já ofereceram um plano de mudanças políticas para a Venezuela, que contempla a instalação de um governo transitório que incluiria membros do governo atual e da oposição.

    Ao mesmo tempo, rumores de maior pressão contra o país por parte de Washington levantam o temor de uma intervenção armada contra a Venezuela.

    Tema:
    Países combatendo COVID-19 no meio de abril de 2020 (105)

    Mais:

    Colômbia nega apoiar intervenção militar dos EUA na Venezuela
    Maduro envia carta ao povo dos EUA pedindo 'cessação das sanções' contra Venezuela
    'Pretexto oportunista': chanceler cubano condena operação militar dos EUA perto da Venezuela
    Tags:
    ajuda humanitária, pandemia, EUA, Mike Pompeo, Venezuela, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar