09:08 27 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Países combatendo COVID-19 no meio de abril de 2020 (105)
    1079
    Nos siga no

    Os Estados Unidos querem que os melhores cientistas do mundo descubram de onde e como começou a pandemia do novo coronavírus (COVID-19), a fim de reduzir o risco de recorrência, declarou o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo.

    "Queremos que os melhores cientistas do mundo, incluindo os chineses, participem da avaliação de onde isso começou, onde se originou, como foi movido pelo mundo", afirmou Pompeo ao jornal alemão Bild na segunda-feira (13).

    Pompeo mencionou os "mercados úmidos" chineses como uma provável fonte da infecção e explicou que é necessário um estudo abrangente, e não político, para garantir que "nenhum país faça com que algo assim aconteça novamente".

    Autoridades dos EUA, incluindo Pompeo e o presidente Donald Trump, acusaram repetidamente a China de tentar inicialmente encobrir o novo surto de coronavírus e depois lançar uma campanha de desinformação para sugerir que ele pode ter se originado nos Estados Unidos.

    Questionado se a China deveria pagar pela pandemia, Pompeo disse que haverá um tempo para recriminações, mas agora o foco deve estar na reabertura dos Estados Unidos e de outras economias após os bloqueios causados pelo coronavírus.

    Tema:
    Países combatendo COVID-19 no meio de abril de 2020 (105)

    Mais:

    Diplomata ataca E. Bolsonaro e Weintraub: relação Brasil-China não será abalada por 'irresponsáveis'
    O que os EUA estão fazendo com Venezuela em meio à pandemia 'é uma vergonha', diz especialista
    EUA ultrapassam Itália e se tornam o país com mais mortes pela COVID-19 no mundo
    Tags:
    Donald Trump, pandemia, saúde, ciência, novo coronavírus, COVID-19, Mike Pompeo, Rússia, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar