00:28 14 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Mundo lidando com COVID-19 no início de abril de 2020 (153)
    7140
    Nos siga no

    O ministro de Comunicação e Informação da Venezuela, Jorge Rodríguez, disse neste sábado (11) que não houve novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas no país. 

    Segundo números do governo, já foram registrados 175 casos e nove mortes pela COVID-19 na Venezuela. 

    "Queremos anunciar com toda a responsabilidade que nas últimas 24 horas não foram registrados novos casos de infecção por COVID-19, o que mantém os casos positivos em 175", afirmou Rodríguez em cadeia de rádio e televisão. 

    O ministro disse ainda que 93 pacientes estão recuperados, ou seja, nos últimos cinco e sete dias não apresentaram sintomas e os exames para a doença deram negativos. 

    De acordo com Rodríguez, "pela primeira vez" foram registrados "mais pacientes recuperados do que pacientes com a infecção ativa".

    Grupo de venezuelanos foi repatriado dos EUA

    O ministro disse também que na noite de sexta-feira (10) chegou ao país um grupo de venezuelanos vindos dos Estados Unidos. Eles foram colocados em quarentena. 

    "Ontem chegou um voo que foi autorizado pelas autoridades do governo de Donald Trump para que venezuelanos que estavam retidos nos Estados Unidos pudessem viajar até o México, e do México o governo bolivariano com um voo gratuito da Conviasa trouxe essas pessoas até a Venezuela", disse Rodríguez. 

    A Venezuela está em quarentena há 27 dias para evitar a propagação do coronavírus. 

    Brasil, Chile e Peru são países mais atingidos da América do Sul

    O Brasil é o país mais atingido da América do Sul, com 1.124 mortes e 20.727 casos, segundo último balanço do Ministério da Saúde. 

    Em seguida, aparecem o Equador, com 7.257 casos e 315 mortes, Chile, com 6.927 casos e 73 mortes, e Peru, com 6.848 casos e 181 mortes, segundo mapa virtual da Universidade John Hopkins. 

    Tema:
    Mundo lidando com COVID-19 no início de abril de 2020 (153)

    Mais:

    Venezuela recebe 2º lote de testes de coronavírus doados pela Rússia
    COVID-19: pandemia não é guerra, mas 'teste da humanidade', diz presidente alemão
    Cientista do Reino Unido revela que pode ter vacina contra COVID-19 até setembro
    Distanciamento 'vale para todos os brasileiros', diz Mandetta após Bolsonaro encontrar apoiadores
    Tags:
    Chile, Peru, Equador, Brasil, saúde, doença, mortos, Venezuela, pandemia, COVID-19, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar