02:37 30 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Mundo lidando com COVID-19 no início de abril de 2020 (153)
    9141
    Nos siga no

    Os Estados Unidos se tornaram o país com o maior número de mortes relacionadas ao novo coronavírus neste sábado (11), segundo estatísticas compiladas pela Universidade Johns Hopkins.

    Segundo a mais recente atualização, o número de casos de COVID-19 nos EUA excedeu 503.000, incluindo 18.860 mortes. O número de contágios na Itália é de 147.577 casos cumulativos, com 18.849 mortes.

    Já a Espanha está em terceiro lugar, com 16.353. Os Estados Unidos têm cinco vezes a população da Itália e quase sete vezes a população da Espanha.

    Segundo as autoridades estadunidenses, o dado confirma que a doença no país pode estar chegando ao pico. Nos últimos quatro dias, os EUA registraram aproximadamente dois mil mortes por dia.

    Escavação de fossas comuns em Nova York
    © REUTERS / Lucas Jackson
    Escavação de fossas comuns em Nova York

    Especialistas em saúde pública alertaram que o número de mortos nos EUA poderá subir para 200 mil durante o verão no Hemisfério Norte, caso pedidos para a população ficar em casa – que fecharam negócios e mantiveram a maioria dos americanos longe das ruas – forem descartados após 30 dias.

    Os pedidos de permanência em casa impostos nas últimas semanas em 42 dos 50 estados afetaram o comércio norte-americano, com alguns economistas prevendo perdas de até 20 milhões de empregos até o final do mês, levantando questões sobre quanto tempo os negócios aguentariam, caso as restrições sejam mantidas.

    Globalmente, houve mais de 1,6 milhão de casos confirmados, com o número de mortos ultrapassando 103 mil.

    Tema:
    Mundo lidando com COVID-19 no início de abril de 2020 (153)

    Mais:

    COVID-19 virou 'arma' dos EUA para minar esforços na Síria, dizem Moscou e Damasco
    Por que só Califórnia nos EUA teria 'imunidade' ao coronavírus? Nova hipótese sugere
    O que os EUA estão fazendo com Venezuela em meio à pandemia 'é uma vergonha', diz especialista
    Tags:
    pandemia, estatística, saúde, novo coronavírus, COVID-19, Espanha, Itália, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar