23:00 26 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Coronavírus se espalha pelo mundo (101)
    110
    Nos siga no

    O Peru anunciou um pacote para combater os efeitos da crise do novo coronavírus no valor de cerca de US$ 26,4 bilhões (aproximadamente R$ 135 bilhões). 

    As medidas de estímulo têm como objetivo proteger os cidadãos das perdas causadas pela pandemia e fortalecer a economia. 

    O anúncio foi feito pela ministra da Economia peruana, Maria Atonieta Alva, segundo a agência Reuters. 

    O pacote foi dividido em três fases, cada uma com a destinação de U$$ 9 bilhões (cerca de R$ 45 bilhões): contenção da COVID-19 (doença causada pelo vírus), garantir a cadeia de pagamentos das empresas por meio de créditos e reativação do setor produtivo. 

    "Estamos nos preparando para investir cerca de pelo menos 12 pontos do PIB [Produto Interno Bruto] para isso, é uma medida sem precedentes", disse Alva em entrevista para a emissora América Televisión. 

    Segundo ela, o plano foi criado para "preservar empregos". 

    'Plano sem precedentes'

    "O impacto econômico do que está ocorrendo não tem precedentes e o plano econômico que temos que aplicar tem que ser um plano sem precedentes", acrescentou. 

    Diversos economistas vem defendendo um aumento dos gastos públicos para diminuir os impactos da crise econômica gerada pelo coronavírus. 

    Segundo levantamentos, o Brasil está destinando menos de 5% do seu PIB para esse fim. Por outro lado, países como a Alemanha e o Reino Unido anunciaram pacotes que superam mais de 10% do seu PIB no combate ao coronavírus. 

    Os Estados Unidos divulgaram que vão utilizar US$ 2,2 trilhões (cerca de R$ 11 trilhões) para diminuir os efeitos da crise gerada pela pandemia. 

    Tema:
    Coronavírus se espalha pelo mundo (101)

    Mais:

    Niterói será 1ª cidade do Brasil a fazer testagem em massa para coronavírus
    Maranhão registra 1ª morte por coronavírus; Minas também teria 1º óbito
    Argentina estende até 12 de abril quarentena para conter coronavírus
    Voo fretado pelo Itamaraty repatriará 159 brasileiros do Equador
    Tags:
    COVID-19, pandemia, Brasil, EUA, américa latina, peru, pacote, Crise, economia, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar