05:03 09 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    230
    Nos siga no

    O presidente do Chile, Sebatián Piñera, decretou estado de catástrofe em todo o país para enfrentar a propagação do novo coronavírus, após confirmar que o Chile tem 238 casos confirmados da COVID-19.

    "Hoje, exercendo minhas faculdades constitucionais, decretei estado de exceção constitucional de catástrofe em todo o território nacional, com o objetivo de nos preparar para enfrentar as etapas vindas pelo coronavírus", afirmou o mandatário em uma coletiva de imprensa em La Moneda, sede do governo.

    A medida começará a valer a partir de 19 de março e terá uma vigência de 90 dias.

    Entre as faculdades concedidas pelo estado de catástrofe ao Executivo chileno estão as de ordenar o recolhimento e armazenamento de alimentos e insumos; estabelecer toques de recolher; aplicar quarentenas; restringir a liberdade de movimento e reunião; e também colocar as Forças Armadas nas ruas para colaborar com a implementação das novas medidas.

    "Isso nos permitirá proteger hospitais, proteger a cadeia logística de transporte de insumos médicos, facilitar a evacuação de pessoas quando seja necessário, garantir a cadeia de produção e distribuição, e resguardar melhor nossas fronteiras", enumerou Piñera.

    Ainda nesta quarta-feira (18), o governo chileno anunciou que o país conta com 238 casos de pacientes contaminados pelo coronavírus.

    Mais:

    Remédio japonês é 'claramente eficaz' contra coronavírus, diz China
    FMI se recusa a prestar ajuda à Venezuela para combater propagação do coronavírus
    Coronavírus: brasileiros se armam com memes contra COVID-19; confira!
    Tags:
    pandemia, novo coronavírus, Chile
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar