15:30 09 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    270
    Nos siga no

    Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) decidiu remarcar a Copa América de 2020, programada para ocorrer na Colômbia e Argentina, para 2021 devido ao coronavírus.

    A decisão foi tomada em conjunto com a União das Associações Europeias de Futebol (UEFA), que também adiou para o ano que vem a edição de 2020 da Eurocopa.

    "Um evento desta magnitude merece que toda atenção e esforço estejam centrados em sua organização; prioridade que hoje fica em segundo plano para proteger a saúde e segurança das seleções, torcedores, meios de comunicação e as cidades anfitriãs", publicou em nota a Conmebol.

    Desta forma, a 47ª edição do evento se dará entre os dias 11 de junho e 11 de julho de 2021.

    É válido ressaltar que o evento estava marcado para ocorrer entre junho e julho deste ano na Colômbia e Argentina.

    Além da Copa América, anteriormente a Conmebol suspendeu a Copa Libertadores da América para o ano que vem pelo mesmo motivo.

    Coronavírus na América do Sul

    Com a propagação da COVID-19 pela América do Sul, diversos países da região decidiram proteger suas fronteiras de forma coordenada, assim como promover a compra conjunta de equipamentos médicos, publicou o Estado de Minas.

    Além do Brasil, diversos países sul-americanos já registraram casos do coronavírus, incluindo mortes, em particular na Argentina, Equador e Guiana.

    Mais:

    Eurocopa é adiada para 2021 devido ao surto de coronavírus, segundo Associação Norueguesa de Futebol
    UEFA proíbe apertos de mão em partidas de futebol para evitar contágio de coronavírus
    Fernández preferiu ver derrota de seu time de futebol a ver Bolsonaro no Uruguai, diz mídia (FOTO)
    Tags:
    novo coronavírus, futebol, Copa Libertadores, copa américa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar