11:36 31 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    3121
    Nos siga no

    O governo da Venezuela anunciou hoje que pretende isolar seis estados e a capital, Caracas, a fim de impedir a propagação do novo coronavírus, que já infectou 17 pessoas no país.

    Em discurso televisionado na tarde deste domingo, o presidente Nicolás Maduro explicou que a quarentena entrará em vigor às 5h desta segunda-feira (16). Os estados afetados serão La Guaira, Miranda, Cojedes, Zulia, Táchira e Apure.

    Ao vivo do posto de comando presidencial, monitorando e avaliando a implantação sanitária para a saúde do povo venezuelano.​

    Com a medida, ​os residentes dessas áreas sob quarentena deverão permanecer em suas residências, se deslocando apenas em caso de grande necessidade. Além disso, apenas serviços essenciais permanecerão em funcionamento.

    "Temos avaliado com sinceridade e frieza que a única forma de deter os canais de propagação é entrando, progressivamente e de maneira acelerada, em uma fase drástica de quarentena coletiva", afirmou Maduro, citado pela Associated Press.

    A Venezuela responde por apenas 17 dos quase 170 mil casos de contaminação pelo novo coronavírus já registrados ao redor do globo, em 157 países e territórios. Nenhuma morte causada pela COVID-19 foi registrada no país até o momento, enquanto, no mundo, já somam 6.499.

    Mais:

    Estes são os únicos lugares livres do coronavírus no planeta
    Áustria proíbe reuniões com mais de 5 pessoas
    Líbano declara estado de emergência devido à COVID-19
    Sérvia declara estado de emergência para conter novo coronavírus
    Tags:
    Nicolás Maduro, COVID-19, América do Sul, quarentena, doença, surto, novo coronavírus, Caracas, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar