21:02 01 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 10
    Nos siga no

    Sophie Grégoire Trudeau, primeira-dama do Canadá, testou positivo para o novo coronavírus, conforme anunciou o gabinete do primeiro-ministro do país, Justin Trudeau, na noite desta quinta-feira.

    O número de casos do surto no Canadá aumentou mais de 30% em um único dia, chegando a 142. Um desses diagnósticos é o da esposa do premiê, que apresentou sintomas de gripe ao longo do dia, após retornar de uma viagem ao Reino Unido. 

    ​"Seguindo as recomendações médicas, Sophie Grégoire Trudeau foi testada para a COVID-19 hoje. O teste voltou positivo. Também seguindo orientações médicas, ela permanecerá isolada por enquanto. Ela está se sentindo bem, está tomando todas as precauções recomendadas e os sintomas dela permanecem moderados", informou o governo canadense por meio de um comunicado reproduzido pela mídia local.

    De acordo com as autoridades locais, profissionais de saúde devem contatar as pessoas que entraram em contato com a primeira-dama quando julgarem necessário. 

    "O primeiro-ministro está com boa saúde e sem sintomas. Como medida de precaução e seguindo o conselho dos médicos, ele ficará isolado por um período planejado de 14 dias", completa a nota, explicando que, por não apresentar sintomas, o premiê não será testado neste momento.

    Mais:

    Trump comenta contato com Wajngarten, infectado pelo coronavírus: 'Não estou preocupado'
    Bolsonaro faz pronunciamento sobre o novo coronavírus
    Autoridades isolam cruzeiro no Nordeste do Brasil por suspeita de coronavírus
    Tags:
    Canadá, pandemia, epidemia, surto, doença, novo coronavírus, COVID-19, Sophie Trudeau, Justin Trudeau
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar