16:23 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    2100
    Nos siga no

    O porta-voz do Pentágono, Jonathan Rath Hoffman, afirmou que um fuzileiro naval dos EUA na Virgínia testou positivo para o coronavírus (COVID-19).

    "Um fuzileiro naval dos EUA destacado em Fort Belvoir, na Virgínia, testou positivo para o COVID-19 e está sendo tratado no Hospital Comunitário Fort Belvoir. O fuzileiro retornou recentemente do exterior, onde estava em missão oficial. O secretário de Defesa, Mark Esper, e a Casa Branca foram informados", afirmou o porta-voz.

    Nos EUA, há mais de 160 casos confirmados de coronavírus, sendo que 11 pessoas morreram em decorrência da infecção, segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

    O número de casos de coronavírus no mundo é superior a 105.000, com mais de 90 países relatando a infecção. Mais de 3.550 pessoas já morreram em decorrência da doença, enquanto cerca de 58.000 se recuperaram.

    O COVID-19 foi detectado pela primeira vez em Wuhan, na China, no final de dezembro. No final de janeiro, a Organização Mundial da Saúde declarou emergência global devido à epidemia.

    Mais:

    Itália 'fecha' todo o Norte do país devido ao coronavírus
    Nova York declara estado de emergência por causa do coronavírus
    Primeira morte por coronavírus na América Latina é registrada na Argentina
    Tags:
    EUA, fuzileiros navais, Corpo de Fuzileiros Navais, Marinha, vírus, gripe, infecção, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar