22:10 03 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 100
    Nos siga no

    O presidente peruano, Martín Vizcarra, fez um pronunciamento oficial confirmando o primeiro caso de coronavírus no país.

    Ele ressaltou que o caso foi diagnosticado em um jovem de 25 anos de idade que esteve na Espanha, França e República Tcheca.

    Anteriormente, havia sido informado que dois pacientes deram entrada em dois hospitais apresentando febre, dificuldade respiratória e outros sintomas, sendo avaliados pelas equipes médicas.

    Vizcarra pediu para se assumir a situação "com muita serenidade", "manter a calma", confiar nas capacidades do sistema de saúde do país e "continuar com as ações preventivas".

    Ao mesmo tempo, afirmou que se estão ativando os protocolos nos aeroportos, em locais com maior afluência de turistas e nos terminais marítimos e terrestres.

    ​Presidente Martín Vizcarra: Foram ativados os protocolos nos aeroportos, bem como em locais com maior afluência de turistas e nos terminais marítimos e terrestres.

    Até a noite de ontem, o Ministério da Saúde peruano informou que havia descartado a existência de coronavírus em 132 amostras de possíveis casos analisados.

    Este é o sétimo país da América Latina a confirmar casos positivos de COVID-19, depois do Brasil, que já possui nove casos, Chile com quatro, Equador com 13, México com seis, a Argentina tem dois e a República Dominicana apresenta apenas um caso.

    Mais:

    Coronavírus deverá fazer cair investimento chinês no Brasil, diz analista
    Brasil tem 8 casos confirmados de novo coronavírus, diz Ministério da Saúde
    Diplomata e conselheiro do chanceler do Irã morre de coronavírus
    Tags:
    COVID-19, vírus, gripe, infecção, novo coronavírus, Peru
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar