20:57 31 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 20
    Nos siga no

    Navio de cruzeiro Grand Princess é retido ao largo da Califórnia após 11 passageiros e 10 tripulantes apresentarem sintomas parecidos com os da doença.

    Sabe-se que o navio tem pelo menos 2.500 passageiros a bordo.

    O navio, pertencente à linha de cruzeiros Princess Cruises, preparava-se para atracar no porto de São Francisco na Califórnia quando foi retido pela Guarda Costeira dos EUA.

    Conforme informou o canal de TV CNN, um passageiro do navio morreu de coronavírus menos de duas semanas após ter estado a bordo da embarcação.

    Na ocasião da morte, anterior à atual retenção ao largo da Califórnia, a embarcação navegou até o México e esteve no Havaí.

    A vítima em questão tinha 71 anos, mas sua identidade não foi revelada.

    Enquanto isso, um helicóptero deverá fornecer ao navio kits médicos para a detecção da presença do coronavírus nas pessoas a bordo.

    Estado de emergência

    Por sua vez, o governador da Califórnia, Gavin Newsom, declarou o estado de emergência e disse que agentes de Saúde locais estão trabalhando em parceria com o governo federal americano.

    "Esta declaração de emergência irá ajudar o estado a preparar melhor nossas comunidades e nosso sistema de saúde em caso de maior propagação", declarou.

    Coronavírus pelo mundo

    Atualmente quase 97.000 casos de infecção já foram confirmados no mundo, enquanto 3.303 mortes foram registradas.

    Por outro lado, 53.610 pessoas já se recuperaram do vírus.

    Mais:

    Descoberta família vivendo escondida em mercado de Wuhan, local de origem do coronavírus (FOTO)
    Medo do coronavírus interrompe produção dos F-35 no Japão, diz Pentágono
    Adolescente de SP testa positivo para coronavírus, mas Ministério da Saúde não confirma
    Tags:
    vírus, suspeitos, navio, Califórnia, cruzeiro, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar