10:56 31 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 141
    Nos siga no

    Uma cápsula do tempo de quase 100 anos foi desenterrada por trabalhadores envolvidos em uma demolição em Williston, cidade no estado norte-americano da Dakota do Norte.

    A equipe estava trabalhando nos fundamentos do prédio construído em 1929, quando descobriu um compartimento selado como uma caixa de metal, segundo o jornal The Williston Herald.

    Dentro da caixa, os trabalhadores encontraram diversos documentos de valor histórico. Um datava de 8 de junho de 1929, e continha um convite para a abertura do edifício, que foi um dia o Hospital Bom Samaritano, assim como um centro policial.

    ​Trabalhadores, demolindo o antigo Centro Policial em Williston, descobriram uma cápsula do tempo datada de quase um século.

    Além do convite, a cápsula também continha artigos sobre a incorporação do hospital, assim como duas edições de jornais locais. Ambas as publicações continham histórias relacionadas ao início das obras do edifício.

    Após a descoberta, os trabalhadores enviaram os documentos para o procurador municipal, que teve a responsabilidade de decidir se a cidade deveria manter os documentos em seus arquivos.

    "É fascinante", comentou David Tuan, administrador da cidade, ao jornal Herald. "Existem muitas semelhanças com o que está ocorrendo com a comunidade agora."

    Mais:

    Árvores da Amazônia são 'cápsula do tempo' da história humana
    Paleontóloga brasileira lidera descoberta de fóssil de réptil pré-histórico na Alemanha (FOTO)
    Cemitério de 3.000 anos é encontrado debaixo de campo de futebol na Bélgica (FOTO)
    Tags:
    História, Estados Unidos, cápsula do tempo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar