22:02 04 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    2163
    Nos siga no

    O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, reiterou que a conduta do embaixador francês em Caracas, Romain Nadal, de justificar a sua presença no Aeroporto Internacional Maiquetía, para receber o opositor Juan Guaidó.

    "É necessário refrescar ao ministro das Relações Exteriores da França o texto do artigo 41 da Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas. A conduta do seu embaixador em Caracas contradiz recorrentemente a convenção. Não valem pretextos nem explicações absurdas", escreveu Arreaza em sua conta no Twitter.

    Em 17 de fevereiro, o governo da Venezuela condenou as ações de Nadal e disse que ele fez uso abusivo dos privilégios concedidos pelo Estado venezuelano por causa de seu status de funcionário diplomático.

    O presidente Nicolás Maduro também anunciou que seu governo avaliaria as ações de funcionários diplomáticos credenciados na Venezuela que interferiram nos assuntos internos do país sul-americano.

    Guaidó foi recebido de sua turnê internacional em 11 de fevereiro por deputados e diplomatas, entre os quais se encontrava o embaixador francês em Caracas, Romain Nadal.

    Mais:

    Venezuela fecha acordo com gráfica russa para imprimir 300 milhões de cédulas, escreve Bloomberg
    TAP diz à Sputnik que realoca passageiros de Lisboa para Caracas após restrições na Venezuela
    Rosneft: Venezuela está pagando suas dívidas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar