00:57 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    7131
    Nos siga no

    Uma resolução para reduzir os poderes de Donald Trump foi aprovada pelo Senado dos EUA ontem (13) e será de seguida apresentada à Câmara dos Representantes.

    Donald Trump apressou-se a anunciar que vetará a resolução.

    Malgrado a maioria republicana, os senadores dos EUA aprovaram legislação que obriga à aprovação pelo Congresso de eventuais operações militares contra o Irã.

    A resolução foi aprovada por 55 votos a favor e 45 contra, segundo informa a CBS News. Isto significa que o documento ganhou o apoio não só dos senadores democratas, mas também de alguns republicanos.

    Os proponentes da resolução aprovada afirmaram que seu objetivo não é limitar completamente as decisões de Donald Trump no plano internacional, mas conferir ao Congresso o direito de decidir com quem os Estados Unidos poderiam entrar em guerra.

    O veto será inevitável

    A resolução acaba sendo meramente simbólica, pois o presidente já anunciou que vetará esta medida. Para contornar o veto de Trump, seria necessário o apoio de dois terços dos senadores, o que se mostra muito pouco provável.

    A questão de quem deveria tomar a decisão sobre possíveis operações militares contra o Irã tornou-se atual depois que o general iraniano Qassem Soleimani foi assassinado perto do Aeroporto Internacional de Bagdá, em 3 de janeiro de 2020.

    A operação foi decidida pessoalmente pelo presidente dos Estados Unidos da América, sem qualquer consulta ao Congresso.

    Vale recordar que, no seguimento do assassinato e da retaliação a 8 de janeiro pelos iranianos, a primeira reação de Trump foi a de ordenar uma operação de destruição massiva de alvos no Irã, incluindo locais considerados pela Unesco como Patrimônio Mundial.

    A operação seria, contudo, cancelada escassos minutos antes da hora prevista para o seu início.

    Mais:

    Trump promete criar 'força nuclear mais forte do mundo'
    Trump pede que Senado dos EUA não limite seus poderes para guerra contra o Irã
    'Acordo do Século': que alternativas existem ao plano de Trump?
    Tags:
    Congresso dos EUA, Senado dos EUA, Iraque, Qassem Soleimani, Irã, Estados Unidos, Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar