09:57 13 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    133911
    Nos siga no

    A tradicional cerimônia de entrega do principal prêmio do cinema mundial chega à 92ª edição em 2020. Os principais vencedores e vencedoras estão listados aqui.

    A cerimônia de entrega do Oscar deste ano destacou produções como "Parasita", "Coringa", "Era uma vez em Hollywood", "1917" e "O Irlandês" no número de indicações.

    Porém, quem levou mais estatuetas - quatro cada - foram os filmes "Parasita" e "1917", com destaque para o primeiro. O filme sul-coreano, "Parasita", levou alguns dos principais prêmios da noite, como melhor diretor e melhor filme, tornando-se o primeiro filme não gravado em inglês a vencer o principal prêmio do Oscar.

    Uma estátua do Oscar no tapete vermelho da 92ª cerimônia do Oscar, em Los Angeles, Califórnia.
    © REUTERS / Mike Blake
    Uma estátua do Oscar no tapete vermelho da 92ª cerimônia do Oscar, em Los Angeles, Califórnia.

    Já a expectativa para os brasileiros, no entanto, era na categoria de melhor documentário, com a indicação do brasileiro "Democracia em Vertigem", dirigido por Petra Costa. O prêmio foi para o filme "Indústria Americana". Apesar de diversas indicações, o Brasil nunca venceu a premiação.

    Abaixo, veja os principais prêmios e seus respectivos vencedores da noite.

    • Ator coadjuvante - Brad Pitt

    Em um dos primeiros prêmios revelados, o ator Brad Pitt venceu na categoria de melhor ator coadjuvante por sua atuação em "Era uma vez em Hollywood", do diretor Quentin Tarantino. Essa foi a primeira vez que Pitt levou a premiação por seu trabalho como ator, apesar da longa carreira de sucesso. O ator norte-americano já venceu o prêmio em 2014 como produtor do filme "12 Anos de Escravidão".

    No Oscar de 2020, Brad Pitt recebe o prêmio de melhor ator coadjuvante pela atuação em Era uma vez em Hollywood.
    © AP Photo / Chris Pizzello
    No Oscar de 2020, Brad Pitt recebe o prêmio de melhor ator coadjuvante pela atuação em "Era uma vez em Hollywood".
    • Atriz coadjuvante - Laura Derm

    Interpretando uma advogada em "História de um Casamento", Laura Derm venceu a categoria de melhor atriz coadjuvante. O filme apresenta um casal em fase de divórcio desde as conversas pessoais até o estressante processo legal em torno da separação. Aí entra a personagem de Derm, que interpreta a advogada da mulher do casal que se divorcia, Nicole, interpretada por Scarlett Johansson. Repleto de diálogos marcantes, o filme também foi indicado na categoria de melhor filme.

    • Melhor roteiro original - Parasita

    Um dos filmes mais comentados de 2019, o sul-coreano Parasita venceu a estatueta como melhor roteiro original. Dirigido pelo sul-coreano Bong Joon-ho, o filme retrata a desigualdade social na Coreia do Sul através de duas famílias de classes sociais distintas envolvidas em uma trama surpreendente.

    • Melhor documentário - Indústria Americana

    "Indústria Americana", considerado o favorito na categoria de melhor documentário, venceu a premiação. Havia expectativa de que o documentário "Democracia em Vertigem" pudesse trazer o primeiro Oscar a um filme brasileiro. A produção gerou polêmica no Brasil por retratar um ponto de vista político considerado de esquerda. A diretora do documentário, Petra Costa, chegou a ser criticada por órgãos oficiais do governo.

    Da esquerda para a direita: Shane Boris, Joanna Natasegara, Petra Costa e Tiago Pavan, da produção de Democracia em Vertigem, filme indicado para o prêmio de melhor documentário na 92ª edição do Oscar.
    © REUTERS / Mario Anzuoni
    Da esquerda para a direita: Shane Boris, Joanna Natasegara, Petra Costa e Tiago Pavan, da produção de "Democracia em Vertigem", filme indicado para o prêmio de melhor documentário na 92ª edição do Oscar.
    • Fotografia - 1917

    O drama de guerra que se passa durante a 2ª Guerra Mundial levou a estatueta de melhor Fotografia na 92ª edição do Oscar. O filme era um dos favoritos em diversas categorias, acumulando 10 indicações.

    • Melhor filme internacional - Parasita

    O sul-coreano "Parasita" venceu a estatueta como melhor filme internacional. O filme do diretor Bong Joon-ho, que também venceu o prêmio de roteiro original, melhor diretor, e melhor filme foi o destaque da premiação.

    • Melhor trilha sonora - Coringa

    O filme estrelado pelo ator Joaquin Phoenix no papel de um dos vilões mais conhecidos dos quadrinhos, o Coringa, levou a estatueta de melhor trilha sonora. O filme acumulou 11 indicações e foi o que mais apareceu nas listas de possíveis vencedores.

    • Melhor diretor - Bong Joon Ho, por 'Parasita'

    O diretor sul-coreano Bong Joon Ho venceu o prêmio de melhor diretor da 92ª edição do Oscar pelo trabalho no filme Parasita. O filme, um dos maiores vencedores da noite, foi indicado em seis categorias.

    O diretor sul-coreano Bong Joon-ho recebe o Oscar de melhor diretor pelo trabalho no filme Parasita.
    © REUTERS / Mario Anzuoni
    O diretor sul-coreano Bong Joon-ho recebe o Oscar de melhor diretor pelo trabalho no filme Parasita.
    • Melhor ator - Joaquin Phoenix

    O filme mais indicado da noite premiou Joaquin Phoenix pela atuação como o vilão de Gotham City, em "Coringa". Um dos filmes mais vistos de 2019, Coringa aposta no drama da formação do vilão e evitou o uso de efeitos especiais, marca registrada de filmes do gênero de super-herói. Phoenix é o segundo ator a vencer um Oscar interpretando o personagem. Em 2009, Heath Ledger conquistou a estatueta de ator coadjuvante pela atuação em "O Cavaleiro das Trevas".

    • Melhor atriz - Renée Zellweger

    A atriz Renée Zellweger venceu o prêmio de melhor atriz pelo filme "Judy". O drama protagonizado por Zellweger conta a história da atriz e cantora norte-americana Judy Garland.

    • Melhor filme - Parasita

    O principal prêmio da noite, o de melhor filme, foi para o sul-coreano "Parasita". O filme faz história tornando-se o primeiro filme não gravado em inglês a vencer o principal prêmio do Oscar. O filme que retrata a desigualdade social na Coreia do Sul com uma abordagem original focada no contato entre duas famílias de classes sociais diferentes foi o grande vencedor da noite, ao lado de "1917", e levou também os prêmios de melhor diretor, melhor roteiro original e melhor filme internacional.

    O elenco e produção do filme sul-coreano Parasita recebem o prêmio de melhor filme durante a 92ª cerimônia de entrega do Oscar.
    © REUTERS / Mario Anzuoni
    O elenco e produção do filme sul-coreano "Parasita" recebem o prêmio de melhor filme durante a 92ª cerimônia de entrega do Oscar.

    Mais:

    Filme russo é indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro
    'Coringa' lidera Oscar com 11 indicações
    Brasileiro 'Democracia em Vertigem' é indicado ao Oscar
    Tags:
    Brad Pitt, Oscar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar