16:45 29 Março 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    19422
    Nos siga no

    O líder da oposição venezuelana Juan Guaidó declarou neste domingo (2) que está se preparando para retornar à Venezuela.

    O opositor venezuelano Juan Guaidó, que está visitando os Estados Unidos durante uma turnê internacional, falou com centenas de venezuelanos no Centro de Convenções do Aeroporto de Miami e disse que retornará ao seu país, onde enfrentará "dias difíceis de luta".

    "Serão dias difíceis? Sim. Serão dias de luta? Sim, mas eu já lhes disse que temos o alcance da [...] democracia de um povo", disse Guaidó.

    De acordo com informações publicadas pela agência Reuters, Guaidó "foi interrompido por gritos da plateia presente pedindo uma intervenção militar na Venezuela".

    O opositor partiu em uma turnê na qual visitou países como Colômbia, Bélgica, Reino Unido, Suíça, França, Espanha e Canadá, após o fracasso que sofreu no início de janeiro na eleição do conselho de administração da Assembléia Nacional da Venezuela. A visita de Guaidó aos Estados Unidos concluiu a viagem.

    Guaidó se autoproclamou presidente interino da Venezuela em 23 de janeiro de 2019 e procura destituir do cargo o presidente Nicolás Maduro.

    Mais:

    Pompeo compara Venezuela com URSS e diz que a hora de Maduro 'está chegando'
    Exercícios militares na Colômbia seriam instruções dos EUA para 'possível ataque' à Venezuela
    Venezuela anuncia retorno de mais 250 migrantes através do plano de repatriação
    Tags:
    EUA, Juan Guaidó, Governo da Venezuela, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar