15:33 27 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    5111
    Nos siga no

    Nesta quarta-feira (22), o presidente dos EUA, Donald Trump, definiu a Boeing como uma "grande decepção" devido aos recentes problemas que tiveram um grande efeito na economia norte-americana.

    "Essa é uma das maiores empresas do mundo, disse há um ano, e de repente, essas coisas aconteceram [...] Isso teve um grande impacto", afirmou Trump à emissora CNBC.

    Quando se fala de crescimento, isso é tão grande que algumas pessoas dizem que equivale a mais de meio ponto do PIB. Dessa forma, a Boeing é uma "empresa muito decepcionante" para mim, completou Trump.

    A crise da Boeing já custou o emprego de diversos trabalhadores, bem como a suspensão das operações das aeronaves Boeing 737 Max e uma queda de mais de 3% em suas ações.

    Trump 'cobra' Apple

    Entretanto, a Boeing não foi o único alvo do presidente, que também não deixou de "cobrar" o fornecimento de dados criptografados dos usuários da Apple.

    Isso porque Trump quer que a Apple revele os dados criptografados dos usuários às autoridades para facilitar as investigações dos casos criminais.

    "A Apple deve nos ajudar e dou uma grande importância a isso. Eles possuem as chaves para muitos crimes", afirmou durante Fórum Econômico Mundial na Suíça.

    Recentemente, Trump criticou a Apple por recusar o pedido do governo para desbloquear o iPhone protegido por senha utilizado pelo atirador que matou três pessoas na Flórida.

    Mais:

    'Desenhado por palhaços e supervisionado por macacos': Boeing expõe mensagens internas sobre 737 MAX
    Nova falha encontrada no Boeing 737 MAX pode estar relacionada aos acidentes mortais do avião
    Imagens da queda do Boeing 737 no Irã são divulgadas (VÍDEOS)
    Tags:
    EUA, problemas, falha, Donald Trump, Apple, Boeing
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar