09:05 21 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 101
    Nos siga no

    A Junta Municipal de Villarrica, do Departamento de Guairá, no sul do Paraguai, declarou emergência ambiental após o aumento dos casos de dengue na região, informam mídias locais.

    Segundo o jornal Última Hora, os vereadores Saúl Marecos e María Constancia Benítez salientaram a urgente necessidade de somar esforços para combater os focos do mosquito transmissor de dengue, além de expressarem preocupação pela quantidade de casos positivos e suspeitos.

    No Paraguai existem mais de 1.800 casos confirmados de dengue a nível nacional e outros 10.000 casos suspeitos que se encontram em fase de estudo, com 3.500 notificações semanais.

    O último relatório confirma que até o momento duas pessoas faleceram, enquanto outras 14 mortes estão sendo analisadas.

    Ainda assim, o Ministério da Saúde tem uma grande equipe técnica na área de epidemiologia, além de medicamentos.

    Presidente do Paraguai também está infectado

    O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, contraiu dengue, confirmou nesta quarta-feira (22) o ministro da Saúde paraguaio, Julio Mazzoleni, durante uma coletiva de imprensa transmitida pela ABC Color.

    Recentemente, o ministro informou que Abdo estava se queixando de mal-estar, sem entrar em mais detalhes, e destacou ser necessário excluir a possibilidade de ser dengue.

    "Temos neste momento o resultado das análises de sangue que confirmam efetivamente que o presidente está com dengue", declarou Mazzoleni, assegurando, no entanto, que o líder paraguaio "se encontra em bom estado".

    Anteriormente, o ministro da Saúde paraguaio afirmou que o chefe de Estado estava com febre de 38,5 graus e com outros sintomas que indicam infecção, mas se esperavam os resultados dos exames para confirmar do que se tratava. Mazzoleni indicou que, embora tivesse sentido tonturas, Abdo não ficou inconsciente nem sonolento.

    O ministro paraguaio insistiu na importância da população se consultar assim que forem identificados os primeiros sintomas da dengue, como dor de cabeça, febre, erupções e dores articulares, além de musculares.

    A dengue geralmente se manifesta entre 3 e 14 dias após a picada, provocando febre alta (40 °C) que é acompanhada por dor de cabeça severa, dor nos olhos, dor muscular e articular, náuseas, vômitos, gânglios linfáticos aumentados ou erupção cutânea, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

    Mais:

    Vacina contra dengue entra na fase final de testes e pode ficar disponível em 2017
    Filipinas declaram alerta nacional de epidemia de dengue
    Tags:
    Ministro da Saúde, presidente, Paraguai, dengue
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar