10:53 20 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    241
    Nos siga no

    O príncipe e herdeiro do trono da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, pode estar envolvido em uma invasão do celular do fundador e presidente da Amazon, Jeff Bezos, em 2018.

    A invasão teria ocorrido após Bezos ter recebido um vídeo de Salman pelo WhatsApp. As informações foram publicadas em uma reportagem do jornal britânico The Guardian.

    O texto diz que já há uma investigação em curso sobre o caso. A embaixada da Arábia Saudita nos Estados Unidos não comentou o assunto.

    O advogado de Jeff Bezos também não quis se pronunciar, mas disse que seu cliente está "cooperando com as investigações".

    Jeff Bezos, fundador e presidente da Amazon.
    © AP Photo / Ted S. Warren
    Jeff Bezos, fundador e presidente da Amazon.

    Bezos também é dono do jornal The Washington Post, que publicava textos do jornalista e articulista Jamal Kashoggi, crítico do governo saudita que foi assassinado em uma embaixada da Arábia Saudita na Turquia em outubro de 2018.

    O diretor de segurança pessoal de Bezos, Gavin de Becker, já havia acusado o príncipe saudita de atacar o celular do executivo em março do ano passado, mas não deu detalhes de como isso teria acontecido.

    Mais:

    Saiba como podem roubar sua conta no WhatsApp
    Empresa espacial de Bezos quer pousar na Lua
    Jeff Bezos, fundador da Amazon, anuncia divórcio no Twitter
    Pompeo afirma que EUA estão prontos para atacar novamente 'forças pró-iranianas'
    Cinco pessoas são condenadas à morte pelo assassinato de Khashoggi, diz promotor saudita
    Tags:
    Amazon, Muhammad bin Salman, Jeff Bezos, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar