18:05 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    240
    Nos siga no

    Argentina, Brasil e Paraguai coordenam a formatação de uma agência de informação comum que permita que os três países enfrentem o crime organizado e o terrorismo internacional com mais eficiência, disse o ministro do Interior paraguaio Euclides Acevedo nesta sexta-feira.

    "O trabalho está sendo feito na Tríplice Fronteira. É uma agência de informações comum, e estamos trabalhando com pessoas do Brasil e da Argentina", escreveu Acevedo em sua conta no Twitter.

    Na segunda-feira, o Poder Executivo convocou o Conselho de Segurança para tratar das questões de segurança do Paraguai após os ataques entre os Estados Unidos e o Irã.

    O ministro da Defesa do Paraguai, Bernardino Soto Estigarribia, anunciou que o país fortaleceria a segurança contra conflitos internacionais, especialmente em locais estratégicos como a Tríplice Fronteira.

    O ministro destacou que, embora exista uma preocupação das autoridades sobre a segurança do país, ele disse que o que está acontecendo no mundo é de interesse do Paraguai.

    Por sua parte, o ministro do Interior, Euclides Acevedo, afirmou que tomará precauções principalmente na área da Tríplice Fronteira através de todas as agências de inteligência do governo, informou o jornal Última Hora.

    Mais:

    Analista: livre comércio de veículos com Paraguai pode ser 1º passo para mais exportações do Brasil
    Força Nacional participará de operações na tríplice fronteira, diz Jungmann
    Terra sem lei: como abandono da Tríplice Fronteira amazônica ajuda o narcotráfico no país
    Tags:
    colaboração, defesa, Tríplice Fronteira, segurança, agências de inteligência, inteligência militar, inteligência, Paraguai, Argentina, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar