11:21 31 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    1081
    Nos siga no

    O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, adiou sua viagem a vários ex-estados soviéticos, incluindo a Ucrânia, depois que a embaixada dos EUA no Iraque foi sitiada por manifestantes xiitas.

    A alteração na agenda do principal diplomata dos Estados Unidos foi confirmada pela agência de notícias AFP. 

    Pompeo partiria esta semana em uma viagem à Ucrânia, Bielorrússia, Cazaquistão, Uzbequistão e Chipre. No Uzbequistão, ele deveria se encontrar com o presidente uzbeque, Shavkat Mirziyoyev, e participar de uma reunião ministerial da Ásia Central-EUA para discutir a cooperação econômica e o Afeganistão. O Ministério das Relações Exteriores do Uzbequistão já havia avisado que a visita seria adiada indefinidamente.

    A viagem agora será adiada devido a necessidade de "continuar monitorando a situação atual no Iraque e garantir a segurança dos norte-americanos no Oriente Médio", disse a porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Morgan Ortagus. Ela acrescentou que a viagem será "remarcada em um futuro próximo".

    A embaixada dos EUA em Bagdá está sitiada desde terça-feira por apoiadores de uma milícia xiita que foi atacada pelos EUA no fim de semana. Os manifestantes incendiaram uma parte da cerca e tentaram invadir o complexo.

    Mais:

    Trump vetará entrada dos EUA em acordo de armas que não faça sentido, afirma Pompeo
    Pompeo: Partido Comunista da China é a 'nova ameaça' para OTAN
    'Quintal dos EUA': Washington ajudará governos latinos aliados a barrar protestos, diz Pompeo
    5G da China é ferramenta para repressão, diz Mike Pompeo em Lisboa
    Pompeo afirma que EUA estão prontos para atacar novamente 'forças pró-iranianas'
    Tags:
    Estados Unidos, Mike Pompeo, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar