17:37 20 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    7107
    Nos siga no

    Delcy Rodríguez, vice-presidente da Venezuela, acusou o presidente Bolsonaro de cumplicidade em ataque rebelde e disse que Brasil é "santuário de terroristas".

    As palavras da autoridade venezuelana se seguiram à fuga de cinco militares venezuelanos para o Brasil depois de participarem de um ataque contra uma base militar de seu país, tendo o Governo brasileiro anunciado que os mesmos vão pedir refúgio.

    Em tom de crítica, Delcy Rodríguez, vice-presidente de Maduro, acusou o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, de cumplicidade no ato, como exposto em sua publicação no Twitter.

    A decisão do Governo de Jair Bolsonaro é prova evidente de sua cumplicidade para desestabilizar a tranquilidade da República Bolivariana da Venezuela e atentar contra seu governo legítimo! Se converteu, assim, em um santuário de terroristas!

    Ainda em um documento elaborado pela Chancelaria venezuelana, o governo do país criticou o Brasil ao dizer que "esta insólita decisão confirma o padrão de proteção e cumplicidade de governos satélites dos EUA para agredir a paz da Venezuela".

    Ataque

    No último dia 22, o batalhão da Guarda Nacional Bolivariana 513 Mariano Montilla, em Gran Sabana, Venezuela, foi alvo de um ataque promovido por militares contra o governo Maduro.

    Durante a ação frustrada, parte dos rebeldes fugiu para o Brasil, onde foram posteriormente encontrados pelo Exército brasileiro durante um patrulhamento.

    Mais:

    Rússia doa 1,5 milhão de vacinas contra a gripe à Venezuela
    Venezuela pede ao Brasil entrega de 5 militares desertores envolvidos no ataque a batalhão
    Maduro diz que Colômbia 'financia violência e golpe' contra Venezuela
    Tags:
    base, refúgio, militares, terrorista, ataque, Jair Bolsonaro, Delcy Rodríguez, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar