08:14 24 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    4112
    Nos siga no

    A administração Trump está finalizando um pacote de restrições às exportações de tecnologias sensíveis a países como a China. Computador Quântico, Inteligência Artificial e impressão 3D devem entrar na lista.

    O Departamento de Comércio dos EUA apresentará em breve um pacote de medidas atendendo à lei aprovada em 2018 para restringir o acesso estrangeiro a tecnologias sensíveis.

    A expectativa de que a administração Trump aplique restrições amplas inquietou setores da indústria norte-americana que dependem da exportação de produtos de alta tecnologia. No entanto, o pacote a que a Reuters teve acesso parece aplicar restrições cirúrgicas a setores altamente sensíveis:

    "As regras parecem ter sido elaboradas para tratar de temas específicos da segurança nacional, o que poderá contribuir para acalmar os nervos daqueles na indústria que temiam a imposição de controles [...] amplos", disse o ex-assessor do secretário de Comércio para administração de exportações, Kevin Wolf.

    Apesar do alívio, o Departamento de Comércio pode inserir restrições adicionais no futuro. Os EUA irão submeter as regras a organismos internacionais para poderem eventualmente serem aplicadas no exterior.

    Impressora 3D produz protótipo da Casa Branca, sede do governo dos EUA, durante exposição na Alemanha (foto de arquivo)
    © AP Photo / Jens Meyer
    Impressora 3D produz protótipo da Casa Branca, sede do governo dos EUA, durante exposição na Alemanha (foto de arquivo)

    Alguns setores receberam atenção especial dos reguladores, tais como a exportação de componentes utilizados para a produção de computadores quânticos, como os refrigeradores quânticos, utilizados para manter bits quânticos, ou qubits, em baixas temperaturas.

    Os computadores quânticos são capazes de efetuar cálculos e processar modelos matemáticos que computadores convencionais demorariam milhares de anos para executar.

    Grandes produtores de refrigeradores quânticos estão baseados nos EUA, Reino Unido e Finlândia. O novo pacote de normas tem o intuito de agir extraterritorialmente e proibir a exportação de itens que contenham tecnologia norte-americana, mesmo que produzidos no exterior.

    A regulação ainda restringe o acesso a tecnologias ligadas à impressão 3D de explosivos, assim como à de nova geração de semicondutores.

    Os Estados Unidos aplicam a medida em meio à tendência de aumento do protecionismo comercial. Os EUA aplicaram tarifas comerciais à China invocando motivos de "segurança nacional", gerando um impasse na Organização Mundial do Comércio (OMC)

    Mais:

    'Se acalmem e sejam racionais': chanceler chinês manda recado para EUA
    Até quando vai durar a guerra comercial entre EUA e China? Banqueiro avalia
    China vai retirar tecnologia dos EUA de computadores do governo
    Tags:
    impressora 3D, Departamento de Comércio dos EUA, controle, exportações, restrições, China, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar