08:36 29 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    519
    Nos siga no

    Os Estados Unidos realizarão vários exercícios militares conjuntos no Paraguai nos próximos dois anos, incluindo um exercício regional de resposta a crises, disseram o presidente dos EUA, Donald Trump, e o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benitez, em um comunicado conjunto após o encontro na Casa Branca.

    "O presidente Trump anunciou que os EUA oferecerão dois eventos de treinamento conjunto de forças combinadas no Paraguai em 2020 e 2021, e o Comando Sul dos EUA executará um exercício regional de crise, o Resposta Fundida, no Paraguai, em 2021", afirmou o comunicado nesta sexta.

    Os dois líderes discutiram questões de segurança regional e reiteraram seu apoio ao líder da oposição venezuelana Juan Guaidó e à presidente interina boliviana Jeanine Áñez.

    Washington e Assunção trabalharão através do Acordo de Comércio e Investimento para impulsionar o comércio e o investimento bilaterais no Paraguai, prosseguiu o comunicado.

    As autoridades reguladoras do Departamento de Agricultura dos EUA estão trabalhando com colegas paraguaios em uma tentativa de abrir acesso ao mercado de carne bovina e produtos de origem bovina, assim que a segurança alimentar puder ser totalmente garantida, acrescentou.

    Mais:

    Custo de frete internacional pode ter redução de 35% com ponte Brasil-Paraguai, diz especialista
    Lava Jato: ex-presidente do Paraguai Horacio Cartes é alvo da justiça brasileira
    Analista: livre comércio de veículos com Paraguai pode ser 1º passo para mais exportações do Brasil
    Tags:
    exercícios militares, carne bovina, relações comerciais, relações bilaterais, Donald Trump, Mario Abdo Benítez, Paraguai, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar