04:38 23 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    361
    Nos siga no

    O Fundo Monetário Internacional (FMI) ainda esperar conhecer os planos econômicos do novo presidente da Argentina, Alberto Fernández, mas apoia suas "medidas de proteção social".

    A posição do FMI foi compartilhada por seu porta-voz, Gerry Rice, em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (12). 

    "Estamos esperando para ver quais são os planos e objetivos do governo e depois veremos quais são os próximos passos: se são modificações ou outros ajustes no programa", do empréstimo assinado com o governo anterior, disse Rice em Washington.

    O diálogo com as novas autoridades argentinas está em um estágio "muito incipiente", embora Rice tenha esclarecido que o Fundo apoia as "reformas" e as "medidas de proteção social" anunciadas por Fernández, que assumiu a Casa Rosada na terça-feira, 10 de dezembro. 

    O porta-voz do FMI afirma que o empréstimo de US$ 56 bilhões concedido a Buenos Aires, enquanto Mauricio Macri era presidente, será discutido com o novo governo e ele poderá ser "adaptado ou alterado" por meio do diálogo com Fernández e suas "objetivos e aspirações".

    Mais:

    Mourão representará Brasil em posse de Fernández na Argentina
    Fernández convida para posse ministro venezuelano proibido de entrar na Argentina
    Evo Morales chega à Argentina como refugiado, diz chanceler argentino
    Alberto Fernández toma posse na Argentina (VÍDEO)
    Tags:
    Alberto Fernández, FMI, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar