21:16 11 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    5413
    Nos siga no

    Nesta quinta-feira (28), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, chegou de surpresa a uma base norte-americana no Afeganistão.

    A visita inesperada está relacionada à comemoração do dia de Ação de Graças, importante data do calendário dos EUA.

    Essa foi a primeira viagem de Donald Trump ao Afeganistão desde que se tornou presidente dos EUA.

    A viagem acontece uma semana após uma troca de prisioneiros entre Washington e Cabul. A negociação bem-sucedida entre os países aumentou a esperança do renascimento de negociações de paz para a região, suspensas recentemente. As esperanças foram atendidas durante a visita de Trump, que aproveitou a oportunidade para anunciar a retomada das conversas com o Talibã (organização terrorista, proibida na Rússia e em vários outros países).

    O avião presidencial, o Força Aérea Um, aterrissou em Bagram Airfield após um voo noturno de Washington com o conselheiro de segurança nacional da Casa Branca Robert O'Brien. Além dele, um grupo de assessores, agentes do Serviço Secreto, e um grupo de repórteres também participaram da viagem.

    Trump se encontrou com o presidente afegão, Ashraf Ghani, e logo após se dirigiu às tropas dos EUA no país.

    Mais:

    Sob ameaças do Talibã, Afeganistão vai às urnas para escolher presidente
    Guerra do Afeganistão completa 18 anos: 'Paz é como um sonho'
    Pentágono estaria planejando retirada do Afeganistão em caso de decisão repentina de Trump
    Trump concede perdão a militares condenados por crimes de guerra no Afeganistão
    Tags:
    Donald Trump, Washington, Cabul, EUA, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar