17:32 05 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    12156
    Nos siga no

    A Força Aérea dos EUA movimentou suas aeronaves, nesta terça-feira (26), após relatos de que uma aeronave não identificada teria violado o espaço aéreo restrito da capital, Washington D.C.

    A Casa Branca e o Capitólio foram temporariamente fechados, por volta das 9h00 do horário local (11h00 do horário de Brasília).

    O Comando de Defesa Aeroespacial dos EUA emitiu comunicado, dizendo que seus caças estavam "no local, respondendo" à situação, reportou a AFP.

    O avião que teria violado o espaço aéreo da capital norte-americana "não é considerado hostil nesse momento", disse o comunicado.

    As restrições foram retiradas 20 minutos depois, após o serviço secreto norte-americano ter classificado o episódio como "potencial violação" do espaço aéreo de Washington.

    Funcionários e visitantes da Casa Branca compartilharam informações das restrições impostas em tweets.

    ​A Casa Branca está totalmente fechada. Toda a mídia está abrigada em um local dentro do salão de conferências de imprensa. Há relatos similares vindo do Capitólio e outros edifícios do congresso

    ​A Casa Branca está fechada – repórteres foram evacuados do gramado norte e agora não podem sair da sala de conferências de imprensa

    As regras de usufruto do espaço aéreo da capital dos EUA, Washington, foram severamente restritas após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001.

    Mais:

    Moscou entrega à Ucrânia navios detidos em 2018 após violação da fronteira russa (VÍDEO)
    Polícia francesa impede execução de ataque inspirado no 11 de Setembro
    Exército iraniano confirma que drone estrangeiro abatido violou espaço aéreo do Irã (VÍDEO)
    Tags:
    violação de espaço aéreo, Capitólio, Casa Branca, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar