10:48 09 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Ex-presidente boliviano Evo Morales desembarca no aeroporto da Cidade do México

    Bolívia: Evo Morales não será candidato em novas eleições, diz aliado

    © REUTERS / Luis Cortes
    Américas
    URL curta
    203
    Nos siga no

    O ex-presidente boliviano Evo Morales não será o candidato de seu partido, o Movimento pelo Socialismo (MAS), nas próximas eleições gerais que o governo interino e os opositores estão tentando coordenar.

    No Congresso da Bolívia, tramitam dois projetos — um do governo provisório de Jeanine Añez e outro do MAS — que foram discutidos nesta quinta-feira (21) por senadores e deputados, com o objetivo de convocar novas eleições no país andino e acalmar a violência que já deixou 32 mortos no país.

    "O MAS apresentará novos candidatos a presidente, vice-presidente", disse Henry Cabrera, vice-presidente da Câmara dos Deputados, à Reuters. "Respeitamos nosso parceiro Evo [Morales], [o ex-vice-presidente] Álvaro [García Linera], que tiveram a oportunidade de estar à frente de nosso partido político como candidatos. Hoje é a vez dos que ficaram."

    O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse nesta quinta-feira em comunicado que aqueles que participaram das irregularidades denunciadas nas eleições de outubro devem ficar de fora do novo processo eleitoral.

    Devido à crise política, a agência de classificação de riscos Fitch baixou a nota da Bolívia para B+, a classificação anterior era BB-.

    Tags:
    Organização dos Estados Americanos (OEA), eleições, Evo Morales, Bolívia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar