18:26 09 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Depósitos de armazenamento de petróleo da PDVSA (imagem de arquivo)

    Sanções dos EUA congelam bilhões de dólares em ativos da Venezuela, diz ministro venezuelano

    © AP Photo / Fernando Llano
    Américas
    URL curta
    472
    Nos siga no

    Venezuela perdeu acesso aos seus ativos, de bilhões de dólares, nos EUA em empresas do ramo energético e turístico, conforme disse à Sputnik Félix Plasencia, ministro do Comércio Exterior de Maduro.

    Desde o início do ano, os Estados Unidos têm aumentado sua pressão política e econômica contra a Venezuela. Em meio a esse contexto, ativos de empresas venezuelanas foram congelados nos EUA.

    "Bilhões de dólares [que] nosso povo possui foram afetados pelas medidas coercivas e unilaterais tomadas pelo governo dos EUA, violando o Direito Internacional e tentando impor decisões unilaterais em um país livre e soberano", declarou à Sputnik Internacional Félix Plasencia, ministro do Comércio Exterior da Venezuela.

    Ainda segundo a autoridade venezuelana, o congelamento dos ativos, previsto por sanções estabelecidas em agosto passado, seria uma forma dos EUA "tomarem" os bens da Venezuela.

    "Nós fomos afetados pela impossibilidade de mover nossos ativos [...] Nós temos bens, como uma companhia de petróleo congelada nos EUA, que foi tirada de nós", acrescentou Plasencia.

    Desta forma, as sanções americanas estariam visando o setor mais importante da economia venezuelana, a exploração e comércio de petróleo, assim como o turismo.

    Em janeiro, a empresa venezuelana Citgo, baseada no estado do Texas, foi alvo de sanções que exigiam a redução de suas relações com a PDVSA, carro-chefe da exploração de hidrocarbonetos no país sul-americano.

    Em resposta, o presidente Nicolás Maduro acusou os EUA de tentarem se apropriar da empresa.

    Mais:

    Venezuela: oposição 'receberá lição' se tentar imitar golpe da Bolívia
    Bolívia determina expulsão de todos os diplomatas da Venezuela
    Exército leal: por que cenário de renúncia presidencial na Bolívia não ocorreu na Venezuela?
    Tags:
    congelamento, Citgo, ativos, sanções, petróleo, PDVSA, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar