17:39 11 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, mostra documento enquanto fala durante evento de abertura do comércio internacional do Petro, a moeda criptográfica desenvolvida pelo governo venezuelano, em Caracas, Venezuela, 1º de outubro de 2018

    Maduro autoriza compra e venda de imóveis e veículos na criptomoeda petro

    © REUTERS / Carlos Garcia Rawlins
    Américas
    URL curta
    283
    Nos siga no

    O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, anunciou que a venda e a compra de imóveis e veículos podem ser feitas legalmente através da criptomoeda petro.

    O líder bolivariano autorizou na quarta-feira (6) uma série de medidas para garantir que as transações comerciais atualmente feitas em dólares, ilegalmente, sejam realizadas em petros.

    "As transações que estão sendo feitas em dólares, que são ilegais, agora serão feitas em petros", disse Maduro, que informou que todos os escritórios do Serviço Administrativo de Identificação, Migração e Estrangeiros [Saime] vão permitir o pagamento nesse criptoativo.

    O Serviço Autônomo de Registro e Notariado (Saren) também cobrará por seus serviços na moeda digital local, "para que todos os imóveis e veículos no país sejam transacionados legalmente e registrados de forma transparente nesta criptomoeda".

    "O petro veio como a grande alternativa para a recuperação econômica da pátria. Tenho a certeza de que esse mecanismo continuará expandindo e promovendo o desenvolvimento da Venezuela", declarou o líder bolivariano no Twitter.

    Registro contábil legal

    Maduro também ressaltou que as empresas públicas e privadas terão que manter dupla contabilidade: em bolívares e petro, porque a criptomoneda passou a ser um registro contábil legal.

    "A Venezuela tem que ser transformada em uma criptonação, onde as moedas eletrônicas funcionam, a economia digital e todos nós temos que fazer parte da economia digital", acrescentou.

    Na sede do Banco da Venezuela já foram inaugurados 23 guichês onde as pessoas poderão realizar operações nesta moeda digital.

    De acordo com a taxa estabelecida pelo Banco Central da Venezuela, um petro equivale a 80 mil bolívares e é respaldado em reservas naturais como petróleo (50%), ouro (20%) e diamantes (10%).

    Criptomoeda venezuelana Petro (imagem ilustrativa)
    © Depositphotos / Stefanocarella
    Criptomoeda venezuelana Petro (imagem ilustrativa)

    Essa criptomoeda venezuelana surgiu no final de 2017, como um plano do governo de Maduro para escapar das sanções econômicas impostas pelos Estados Unidos.

    Mais:

    Maduro diz que Venezuela só venderá petróleo em petro no ano que vem
    Todo o petróleo venezuelano deve ser vendido em petro, avisa Maduro
    Maduro autoriza câmbio de criptomoeda petro em moedas estrangeiras
    Tags:
    transações comerciais, criptomoeda, petro, Nicolás Maduro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar