15:54 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente dos EUA, Donald Trump, acena ao lado do presidente chinês, Xi Jinping, após coletiva de imprensa em Pequim, 9 de novembro de 2017

    Fim da guerra comercial? Trump revela onde quer assinar acordo com a China

    © AP Photo / Andy Wong
    Américas
    URL curta
    838
    Nos siga no

    O presidente dos EUA, Donald Trump, disse a repórteres nesta sexta-feira que a chamada primeira fase do acordo comercial EUA-China pode ser assinada no estado de Iowa.

    "Quero fazer o acordo primeiro, mas estamos pensando em Iowa", disse Trump na sexta-feira, conforme citado pelo site The Hill. "Seria o maior pedido da história para os agricultores. Então, para mim, Iowa faz sentido. Eu amo Iowa. É uma possibilidade".

    Trump acrescentou que seu governo está discutindo locais e que o presidente chinês Xi Jinping está disposto a se encontrar nos Estados Unidos.

    Trump e Xi inicialmente assinariam o acordo da Fase Um durante a cúpula de Cooperação Econômica da Ásia-Pacífico (APEC) no Chile em meados de novembro, mas o evento foi cancelado após a agitação civil no país.

    No início desta sexta-feira, o Ministério do Comércio da China disse em um comunicado que chegou a um consenso com os negociadores comerciais dos EUA sobre as principais preocupações comerciais bilaterais após conversas de alto nível entre os dois países.

    A primeira fase das negociações comerciais deve resolver questões relacionadas à propriedade intelectual, serviços financeiros e exportações agrícolas dos EUA. Trump disse que a China concordou em comprar de US$ 40 bilhões a US$ 50 bilhões em produtos agrícolas dos EUA sob o acordo comercial.

    O acordo da Fase Um pode facilitar a iminente guerra comercial EUA-China, que levou os economistas a dizer que o confronto comercial pode levar a uma recessão global.

    Mais:

    Trump anuncia 'maior acordo na história' com a China para agricultores dos EUA
    Após Trump anunciar 'vitória' sobre a China, fazendeiros dos EUA esperam por detalhes
    Analistas esclarecem: Trump está usando protestos em Hong Kong para negociar com a China?
    Tags:
    agronegócio, agricultura, relações bilaterais, guerra comercial, acordo comercial, Xi Jinping, Donald Trump, Iowa, China, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar