10:21 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente do Uruguai, José Mujica.

    Ex-presidente José Mujica é eleito senador no Uruguai

    © AP Photo / Matilde Campodonico
    Américas
    URL curta
    190
    Nos siga no

    O ex-presidente do Uruguai, José Mujica, foi eleito senador do país durante as eleições ocorridas neste domingo (27).

    Mujica renunciou ao cargo no Senado em 2018 , quando justificou que "estava cansado da longa viagem" e se afastaria "antes de morrer de velho".

    Nessas eleições Mujica decidiu se candidatar pelo Movimiento de Participación Popular (MPP), que faz parte da coalizão de esquerda Frente Ampla. O partido vai disputar a presidência em segundo turno, apoiando o candidato Daniel Martínez.

    Os cidadãos uruguaios votaram para presidente e vice, deputados e senadores. No segundo turno, Daniel Martínez enfrentará Luis Lacalle Pou, candidato de direita pelo Partido Nacional. No primeiro turno, Martínez obteve 38,6% dos votos, enquanto Lacalle Pou obteve 28,2%.

    Mujica disse que deve voltar às ruas para fazer campanha para Martínez, na disputa do segundo turno. A coalizão da qual Mujica e Martínez fazem parte está há 15 anos no poder.

    A Frente Ampla elegeu 13 senadores e 41 deputados. O Partido Nacional elegeu 10 senadores e 31 deputados. O Partido Colorado conquistou 4 vagas para o Senado e 13 para a Câmara. O partido Cabildo Abierto, fundado este ano, conquistou 3 vagas para o Senado e 11 para a Câmara dos Deputados. O Partido Independente e o Partido da Gente conquistaram, cada um, um assento na Câmara.

    Mais:

    Mulher de Mujica assume a vice-presidência do Uruguai
    Partido de Mujica que governa Uruguai expulsa secretário-geral da OEA
    Venezuela deveria ter novas eleições sem Maduro ou Guaidó, afirma Mujica
    Eleições no Uruguai desafiam 15 anos de centro-esquerda no poder
    Eleição no Uruguai: Martínez e Lacalle Pou vão ao 2º turno
    Tags:
    senador, eleições, Pepe Mujica, José Mujica, Uruguai
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar