16:12 19 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Sede eleitoral do Frente de Todos, do candidato opositor na eleição argentina Alberto Fernández, em Buenos Aires

    Alberto Fernández se encaminha para vitória em 1º turno na Argentina

    © REUTERS / AGUSTIN MARCARIAN
    Américas
    URL curta
    11603
    Nos siga no

    O candidato da esquerda Alberto Fernández está próximo de conquistar, no primeiro turno, a eleição presidencial argentina realizada neste domingo, segundo resultados preliminares.

    Com quase 81% das urnas apuradas, Fernández, da aliança de oposição Frente de Todos, aparece na liderança do pleito com 47,48% dos votos, enquanto o atual presidente, Mauricio Macri, do Juntos pela Mudança, aparece na segunda posição com 41,08%. 

    ​Mais cedo, diferentes órgãos de imprensa argentinos informaram que o opositor, que tem a ex-presidente Cristina Kirchner como vice, já havia conseguido uma diferença considerável sobre o segundo colocado. 

    "Esse triunfo retumbante, no primeiro turno, é uma expressão muito clara do povo argentino", declarou Felipe Solá, um dos assessores mais próximos de Fernández, citado pela Reuters.

    De acordo com a legislação argentina, a vitória no primeiro turno da eleição presidencial é garantida pelo candidato que conseguir mais de 45% dos votos ou mais de 40% com diferença mínima de 10 pontos percentuais sobre o segundo lugar.

    Mais:

    Eleições no Uruguai desafiam 15 anos de centro-esquerda no poder
    Colômbia fecha as fronteiras para realizar eleições locais
    Após protestos, popularidade do presidente do Chile despenca para mínimo histórico
    Favorito nas eleições da Argentina publica mensagem de parabéns a Lula: 'Preso injustamente'
    Tags:
    primeiro turno, eleições, eleição, Reuters, Mauricio Macri, Cristina Kirchner, Alberto Fernández, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar