18:50 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Drone (imagem referencial)

    Venezuela denuncia violação do espaço aéreo com sobrevoo de refinaria por drone (VÍDEO)

    © Fotolia / Chirnoagarazvan
    Américas
    URL curta
    321
    Nos siga no

    Caracas denunciou o voo de um drone em torno das refinarias do Complexo Refinador de Paraguaná, no estado de Falcón, no noroeste do país, informam as autoridades.

    Segundo o Comando Estratégico Operacional das Forças Armadas Nacionais Bolivarianas (Ceofanb) venezuelano, a ocorrência representa "uma clara ameaça aos interesses estratégicos da Nação e do povo venezuelano".

    A origem do veículo não tripulado, que sobrevoou a instalação onde se produz a gasolina que a Venezuela consome, ainda não foi determinada.

    O comandante do Ceofanb, almirante Remigio Ceballos, informou que, embora essa ação tenha ocorrido na madrugada de 22 de outubro, ainda se mantém um patrulhamento intensivo naval e terrestre.

    ​Alerta ao povo; O Ceofanb denuncia a presença de uma aeronave não tripulada (drone) nas instalações do Complexo Refinador de Paraguaná, estado de Falcón, o que representa uma clara ameaça aos interesses estratégicos da Nação e do Povo venezuelano

    "Estamos verificando o perfeito funcionamento desta refinaria para identificar a paz e tranquilidade do povo venezuelano. Nós implantamos todo o nosso abrangente sistema de defesa aeroespacial", disse o almirante venezuelano.

    Remigio Ceballos sublinhou ainda o compromisso do setor militar em proteger as instalações petrolíferas do país e o sistema elétrico venezuelano.

    Sequência de violações

    Nos últimos meses as Forças Armadas venezuelanas têm denunciado repetidas ameaças de Washington ao seu espaço aéreo.

    Uma aeronave americana EP-3E, de inteligência e exploração eletrônica, foi interceptada no dia 19 de julho pelo Comando de Defesa Aeroespacial Integral (CODAI) da Venezuela após invadir o espaço aéreo venezuelano.

    No mesmo mês, o Ceofanb também denunciou que uma aeronave de origem norte-americana violou novamente esse espaço, e com isso a segurança aeronáutica e os tratados internacionais.

    O vice-presidente de Comunicações da Venezuela, Jorge Rodríguez, explicou que os aviões espiões americanos já fizeram pelo menos 78 incursões no espaço aéreo venezuelano neste ano.

    Mais:

    Venezuela denuncia nova incursão de aeronave dos EUA fora do protocolo
    Venezuela declara ter interceptado avião espião dos EUA em seu espaço aéreo (VÍDEO)
    Venezuela pode se dirigir à ONU depois de EUA violarem espaço aéreo do país, diz ministro
    Tags:
    drone, Forças Armadas da Venezuela, Venezuela, espaço aéreo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar