19:30 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Protestos no Chile

    Protestos violentos continuam em Santiago, Chile (VÍDEOS)

    © REUTERS / Ivan Alvarado
    Américas
    URL curta
    641
    Nos siga no

    Novos protestos tomaram as ruas da capital chilena neste sábado, apesar do estado de emergência declarado pelo presidente do país, Sebastián Piñera.

    As manifestações continuam em diferentes partes de Santiago, mesmo com forte atuação das forças de segurança. Os usuários de redes sociais compartilharam fotos e vídeos da situação na capital chilena. Segundo o internauta José Angel León, "os protestos continuam na Praça Maipú, Santiago de Chile, após aumento nas passagens". 

    ​Vários ônibus foram incendiados durante protestos na cidade. Segundo o Twitter dos corpos de bombeiros locais, destacamentos foram enviados para "controlar fogo em cinco ônibus da ´[empresa] Transantiago". 

    ​Os manifestantes acompanham seu protestos com panelaços, uma prática comum no Chile e na Argentina, e que vem se tornando popular também no Brasil. "Santiago amanheceu militarizada, como não ocorria há décadas. No entanto, bem isso conseguiu eliminar os protestos, que hoje continuam, em função da elevação da tarifa do metrô", informou o Twitter do usuário LaHistoria. Já o grupo Chile Despertó publicou imagens de panelaços dentro de uma estação do metrô da capital chilena.

    ​Além disso, o edifício central do distribuidor de eletricidade e gás em Santiago do Chile (ENEL) sofreu um incêndio.

    No dia 18 de outubro, após cinco dias consecutivos de protestos em Santiago contra o aumento do preço da passagem de metrô, o governo decretou estado de emergência. Metrô é o principal meio de transporte público da capital chilena.

    Tags:
    estado de emergência, protesto, Santiago, Chile, manifestações
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar