13:52 20 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Chamas (imagem referencial)

    Incêndio no Chile afeta edifício de companhia elétrica durante protestos (FOTOS)

    CC0 / Unsplash
    Américas
    URL curta
    0 11
    Nos siga no

    O edifício central da distribuidora de energia elétrica e de gás de Santiago do Chile (ENEL) sofreu um incêndio, depois de uma semana de protestos pelo aumento das tarifas de metrô decidido pelo governo do país.

    O Corpo de Bombeiros de Santiago (CBS) compartilhou fotos do incêndio na sua página oficial no Twitter.

    ​14 Companhias CBS apoiadas por Bomberos Nunoa mobilizados para o incêndio que aconteceu em Padre Alonso de Ovalle e Av. Santa Rosa

    "CBS apoiado por Bombeiros de Ñuñoa trabalha para controlar o incêndio em Avenida Santa Rosa e Padre Alonso de Ovalle, durante os trabalhos de extinção, Bombeiros recebe ataques isolados de alguns manifestantes", publicou a conta oficial de Bombeiros no Twitter.

    O sinistro afetou as escadas de emergência localizadas no exterior do edifício corporativo da Enel e algumas de chamas se estenderam até o interior dos pisos 10 e 12.

    Mais imagens do incêndio em Av. Santa Rosa e Padre de Alonso de Ovalle.

    Bombeiros confirmou que depois de alguns minutos se conseguiu que o fogo fosse controlado e explicou que 40 funcionários da companhia tiveram de ser evacuados do edifício.

    Enel é uma empresa privada chilena do ramo elétrico das mais importantes na América Latina, dona de outras empresas na região como a Empresa Distribuidora de Energia Sul S.A. (Edesur) na Argentina.

    Na sexta-feira (18), o presidente do Chile, Sebastián Piñera, declarou estado de emergência após uma semana de protestos contra o aumento das tarifas do metrô.

    Mais:

    3 bombeiros morrem em incêndio na Whiskeria Quatro por Quatro no Rio de Janeiro
    Incêndios na Amazônia diminuem em setembro, mas Bolsonaro apoia garimpeiros
    'Estamos muito perto de um momento de colapso', alerta agrônomo sobre incêndios na Amazônia
    Tags:
    Chile, Enel, energia elétrica, incêndio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar