06:34 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente Donald Trump durante reunião com o presidente italiano Sergio Mattarella, na Casa Branca em 16 de outubro de 2019

    Trump: 'Estamos em muitos países, me envergonha dizer em quantos'

    © AP Photo / Evan Vucci
    Américas
    URL curta
    121416
    Nos siga no

    Alguns dias após ter ordenado a retirada de tropas da Síria, Donald Trump confessa se sentir "envergonhado" pela quantidade de países na qual os EUA mantêm presença militar.

    Quando perguntado acerca da situação na Síria, durante entrevista coletiva com seu homólogo italiano, o presidente Donald Trump fez a seguinte declaração:

    "Estamos [presentes] em muitos países. Em muitos, muitos países. Me envergonha dizer quantos. Eu não sei o número exato, mas me envergonha dizer porque é muito estúpido."

    Além disso, Trump disse que a Rússia e o Irã são quem deveria combater o Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e demais países), pois são os países que estão mais próximos geograficamente. Para o presidente norte-americano, os EUA não têm razões para proteger o território sírio nem dos extremistas, nem de uma invasão turca.

    "Estamos presentes e inclusive protegemos países que não nos querem, que se aproveitam de nós e não nos pagam nada."

    O mandatário não esqueceu de sua recente decisão de enviar tropas para a Arábia Saudita, mas justificou o ato, dizendo que os sauditas irão cobrir os custos da operação. Segundo ele, os sauditas "concordaram em pagar 100% por este envio de tropas, inclusive mais do que era necessário, muito mais".

    "[A Arábia Saudita] é um país rico, devem pagar se quiserem algum tipo de proteção. O mesmo vale para a OTAN", concluiu.

    Em quantos países os EUA mantêm tropas?

    Conforme disse o presidente norte-americano, de fato não é fácil definir o número exato de países nos quais os Estados Unidos mantêm forças militares.

    De acordo com os dados mais recentes do Departamento de Defesa dos EUA, publicados em 30 de julho deste ano, as tropas norte-americanas estariam estacionadas em 150 países ao redor do mundo.

    Soldado americano tirando uma selfie na base militar dos EUA em al-Qayyara, ao sul de Mossul em 25 de outubro de 2016
    © REUTERS / Alaa Al-Marjani
    Soldado americano tirando uma selfie na base militar dos EUA em al-Qayyara, ao sul de Mossul em 25 de outubro de 2016

    No entanto, os números podem variar. O general Joseph Dunford, presidente do Estado-Maior Conjunto dos EUA, em declaração feita em outubro de 2018, disse que o país teria mais de 275.000 soldados presentes em 177 países.

    O mundo tem 193 países reconhecidos oficialmente pela ONU. Portanto, de acordo com o general, os EUA manteriam tropas em 91% dos países do mundo.

    No entanto, de acordo com o centro analítico Pew Research Center, que reuniu dados até 2016, o número de soldados estacionados no exterior é um dos menores registrados desde o fim da década de cinquenta.

    Soldada americana bate continência durante celebração do Dia dos Veteranos.
    © AP Photo / Anja Niedringhaus
    Soldada americana bate continência durante celebração do Dia dos Veteranos

    Durante seu pico, atingido nas décadas de sessenta e setenta, os EUA tinham mais de 1 milhão de tropas mobilizadas no mundo. Na década de noventa, o número baixou para 600.000 e tem registrado tendência de queda desde então.

    Mais:

    Congresso dos EUA apresenta resolução contra decisão de Trump de retirar-se da Síria
    Trump 'abandona' curdos, diz que eles 'não são anjos' e exime os EUA de conflito na Síria
    Força Aérea dos EUA realiza operação militar na Síria para destruir munições 'deixadas para trás'
    Tags:
    tropas, retirada, Síria, Donald Trump, EUA, Arábia Saudita, OTAN
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar